in

Sinais de que seu relacionamento é abusivo, mas você não percebeu

Entenda a importância de sair de um relacionamento que fere a sua alma, confira os sinais.

Metrópoles

Um relacionamento abusivo é capaz de proporcionar infinitas dificuldades para a pessoa que está sendo controlada. Geralmente, o psicológico dessa pessoa fica extremamente abalado e ela acaba acreditando que essa situação não poderá ter um fim. A culpa, o medo e auto-estima baixa são os artífices que impedem a pessoa de acreditar que pode seguir em frente e começar de novo.

Publicidade

Como identificar um relacionamento abusivo

Existem indícios de que você pode estar vivendo um relacionamento abusivo e não está percebendo. O controle sobre a privacidade do parceiro é um deles. Quando seu companheiro interfere em sua vida pessoal, segue seus passos, não confia na sua palavra e quer ter acesso aos dados do seu telefone, e-mails, ligações… Esse é um forte indício de um relacionamento abusivo.

Quando seu parceiro, independente do sexo, tenta te afastar das pessoas, com desculpas que parecem ser por amor ou ciúmes, fique atento, pois, com o tempo, até mesmo sua família não terá acesso a você e isso deixa a pessoa abusada impotente e sem ter ninguém para ajudar.

Publicidade

Não é normal ser totalmente dependente do parceiro

Diminuir o parceiro é uma das características que o abusador possui. Ele começa a menosprezar as conquistas do cônjuge, fere sua auto-estima, faz com que a pessoa se sinta incapaz de tomar suas próprias decisões e, assim, consegue minar a mente de seu parceiro, fazendo-o acreditar que, sem aquele relacionamento, não seria ninguém.

Publicidade

Jogos emocionais, fazendo com que a pessoa se sinta culpada por coisas que não provocou e refletir sobre erros que não cometeu. Para conseguir isso, muitas vezes faz jogo de silêncio, desprezo e também paralisa o relacionamento sexual.

Publicidade

A agressão física é só o complemento de toda uma agressão mental. O parceiro controlador bate na pessoa controlada, mas depois finge arrependimento, dizendo que se descontrolou, jura amor eterno e até mesmo chora, para fazer a pessoa agredida se sentir culpada. Mas não caia nessa, a agressão deve ser denunciada, pois nunca será a última vez.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Tatiane Braz

Estudante, escritora e apaixonada pela verdade, tenho como meta levar a notícia de forma clara e real. Amo ler e percebo a cada dia que um mundo melhor se faz quando o conhecimento que adquirimos é colocado em prática.