in

Mulher é despejada, passa a morar na rua com seus cães e chora: ‘eles são tudo para mim’

Uma vaquinha virtual foi criada para ajudar Vanessa a alugar uma casa para viver com seus seus cães até conseguir um novo emprego.

Voaa

Vanessa ama seus três cães. Ela podia se manter e cuidar dos animais com tranquilidade, até que chegou a pandemia do coronavírus e levou seu trabalho como ajudante de cozinha em um restaurante de São Paulo.

Publicidade

Sem ter como pagar o aluguel por não conseguir um novo emprego na pandemia, Vanessa foi despejada da casa com seus cães. Por três meses passou a morar em uma ocupação na rua junto com seus cães.

Sentiu na pele o frio, a fome e o desespero de não ter para onde ir para proteger seus animais. Há duas semanas, uma amiga de Vanessa soube de sua situação e lhe ofereceu uma estadia temporária em seu apartamento, mas, infelizmente, os três cachorros não puderam ir.

Publicidade

Desesperada por não querer deixar os animais sozinhos ou doá-los, Vanessa pediu a ajuda de moradores de rua do local em que ela ficou nos últimos três meses. Eles se encarregaram de ficar com os animais e todos os dias ela vai até lá visitá-los.

Publicidade

Vanessa quer voltar a trabalhar para alugar uma casa e levar seus cães, mas enquanto não encontra um emprego, uma vaquinha virtual foi criada pelo Voaa, com o objetivo de arrecadar R$23 mil para ela alugar um imóvel, se manter e manter os animais até conseguir um emprego.

Publicidade

Vanessa tem conseguido fazer bicos em alguns dias da semana em uma pastelaria, mas o que ganha é muito pouco para conseguir uma casa, ainda que bem simples, para alugar. Ela visita os cães todos os dias e chora, pois para a trabalhadora de 37 anos, os animais são tudo para ela e nem quer cogitar a hipótese de doá-los. Seu desejo é de ficar com eles em um lugar para chamar de lar.

A vaquinha virtual de Vanessa no Voaa se encerra em 20 de dezembro e já arrecadou mais de R$10 mil. Só com esse valor, que é entregue ao beneficiário após a vaquinha ser encerrada, Vanessa já poderá alugar um imóvel para começar 2021 com seus animais seguros e ao seu lado.

Os animais de Vanessa são criados por ela desde que nasceram. O trio, aliás, é uma família: mãe, pai e filho. Para que os animais não se percam ou sejam vitimas de maus tratos, eles ficam presos debaixo do viaduto em que Vanessa morava na capital paulista, o que de alguma forma deixa os cães estressados. Além disso, enquanto estiverem vivendo ali, eles correm o risco de alguém maltratá-los, pois estão na rua, ainda que presos.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Guti M

Redator de entretenimento e curiosidades