in

Mulher estava desaparecida há 25 anos e só foi encontrada após ficar doente

Foi em 1995 que Blanca Mabel Otero foi dada como desaparecida, na Espanha.

Mulher desaparecida - Notícias ao Minuto

Foi em 1995 que Blanca Mabel Otero foi dada como desaparecida. Por essa altura, a mulher, que é argentina, tinha apenas 43 anos e vivia na Espanha, em Castela e Leão. Após 25 anos, os vizinhos alertaram as autoridades que não viam a mulher, que eles conheciam por Eva, tinha já alguns dias. E foi aí que a mulher foi encontrada, no início desse mês. Assim Blanca foi encontrada, doente, em uma casa também na Espanha, mas nas Astúrias.

Publicidade

Vizinhos alertaram as autoridades

Os vizinhos nem imaginavam que Eva era a Blanca, que estava desaparecida durante todos esses anos. Eles apenas sinalizaram esse caso, porque eles não estavam avistando a mulher, tinha já alguns dias. A argentina tinha deixado de sair de casa, após adoecer. Ela foi encontrada “desidratada e desorientada”, no chão de sua casa. Ao que parece, uma forte dor nas pernas a teria debilitado muito, a ponto de nem conseguir mais sair de casa.

Eva estava vivendo nessa casa, nas Astúrias, tinha já vários anos. Então, os vizinhos temeram o pior, quando não viram ela saindo de casa por uns dias. Por essa razão, eles contataram a emergência e, felizmente, a mulher, agora com 68 anos, ainda foi resgatada com vida. Só assim foi possível se encontrar sua verdadeira identidade.

Publicidade

Polícia descobre identidade da desaparecida

Chegada no hospital, os médicos e profissionais não encontraram, nos ficheiros, a identidade de Eva. Depois, acabaram descobrindo, com a Polícia, que a desconhecida era, afinal, Blanca Mabel Otero.

Publicidade

A Polícia tenta agora entender como eles perderam o rasto dessa mulher e como não conseguiram encontrá-la durante todos esses anos. “Há que desfazer muitas dúvidas e a polícia não quer se precipitar”, revelou a polícia, em declarações para o jornal espanhol La Vanguardia.

Publicidade

Entretanto, a chefe policial das Astúrias comentou um pouco mais sobre esse caso. Luisa María Benvenuty falou que Blanca estava se recuperando bem e que a polícia já conseguiu falar com um familiar. Porém, como ela sumiu por vontade própria, as autoridades só vão dar sua morada se Blanca assim o quiser.

Publicidade
Publicidade
Publicidade