in

‘Não temos Ministério da Saúde’, Mandetta critica Bolsonaro no exterior

Ex-ministro da Saúde deu entrevista à TV francesa e não poupou o presidente da República.

Agência Brasil

O ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta concedeu entrevista exclusiva ao canal France24, da França, e não poupou críticas ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Mandetta esteve à frente da pasta no início da pandemia causada pelo novo coronavírus. Depois de desentendimentos públicos com o presidente, Mandetta acabou demitido no dia 16 de abril.

Publicidade

Depois de Mandetta, o médico Nelson Teich assumiu a pasta, mas ficou no cargo por menos de um mês. Desde o dia 15 de maio, o Ministério da Saúde é dirigido pelo ministro interino general Eduardo Pazuello. Bolsonaro é bastante criticado por isso.

À TV francesa, o ex-ministro afirmou que o ministério da Saúde está ocupado por militares. As palavras de Mandetta contra seu ex-chefe foram duras e para todo mundo ouvir. Para o ex-ministro, Bolsonaro preferiu dar mais importância ao aspecto econômico do que para a saúde.

Publicidade

Mandetta ainda afirmou que técnicos do segundo e terceiro escalão do Ministério da Saúde foram retirados e militares entraram no lugar. “Nós hoje não temos um Ministério da Saúde, temos uma ocupação militar do Ministério da Saúde”, afirmou o ex-ministro. Mandetta também disse que a história mostra que não há como sair forte de uma epidemia.

Publicidade

Para Mandetta, a forma como Bolsonaro conduz a pandemia choca o mundo. Segundo o ministro, o presidente prioriza a economia e outros líderes mundiais, como Donald Trump e Boris Johnson, que tinham o mesmo posicionamento, voltaram atrás. “O presidente do Brasil permaneceu e permanece até hoje com esse tratamento inadequado, e essa falta de respeito às vítimas”, finalizou Mandetta.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!