in

Renata Vasconcellos anuncia alto número de mortes no JN e Brasil entra em luto

Jornalista atualizou dados sobre mortes no Brasil e números continuam preocupantes.

Reprodução Globo

O Brasil está de luto. Ou pelo menos deveria estar. Nesta segunda-feira (22), a jornalista Renata Vasconcellos atualizou ao vivo o número de mortes em decorrência da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, no Brasil. Os números continuam elevados e causam grande preocupação.

Publicidade

Dados divulgados pelo consórcio formado por O Globo, G1, Extra, Folha de S. Paulo, O Estado de S. Paulo e UOL mostram que 748 mortes haviam sido registradas nas últimas 24 horas. No total, o Brasil já registrou 51.407 mortes em decorrência da Covid-19.

O número de casos em todo o país bate a marca de 24.354 em 24 horas. O total de casos já passou de 1,1 milhão. Milhares de pessoas foram curadas da Covid-19. Os números divulgados pelo Jornal Nacional foram coletados junto às secretarias estaduais de saúde.

Publicidade

O Brasil é o segundo país em número de casos e de mortes em todo o mundo, atrás apenas dos Estados Unidos. Os Estados Unidos registram, de acordo com a Johns Hopkins, 2,3 milhões de casos e 120.402 mortes por Covid-19. Em número de mortes, o Reino Unido é o terceiro colocado, com 42.731. A Itália aparece na quarta posição, com 34.657.

Publicidade

Desde o início da pandemia, em março, a Globo tem dedicado grande espaço dentro de seus telejornais para abordar o assunto. Por este motivo, a emissora recebe críticas nas redes sociais. No Twitter, por exemplo, internautas questionam o fato de a Globo não divulgar o número de pessoas recuperadas com a doença. O consórcio que apura mortes e casos de Covid-19 foi chamado de “consórcio da morte” por um internauta.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!