in

Grêmio aciona CBF e toma decisão que envolve quantia milionária

Clube pegará dinheiro emprestado com a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) sem futebol.

Divulgação Grêmio

A pandemia causada pelo novo coronavírus mexeu com os clubes brasileiros. Sem partidas para serem disputadas, a contabilização de prejuízos é muito grande. Os clubes têm perdido sócios-torcedores e também deixaram de ganhar com bilheteria.

Publicidade

Os casos dos clubes que disputam a Libertadores fica ainda mais evidente. Os jogos do torneio costumam ter ingressos mais caros e leva muita gente aos estádios. Com isso, o faturamento é alto. Sem futebol, sem dinheiro de bilheteria. O Grêmio é um desses clubes.

O Imortal também deixou de receber da Rede Globo. A emissora não pagou a última parcela referente aos direitos de transmissão do Campeonato Gaúcho e também não pagou parcelas referentes ao Campeonato Brasileiro. Ainda não há previsão de quando o Estadual vai recomeçar nem de quando o Brasileirão vai começar.

Publicidade

Diante dos prejuízos, o Grêmio conseguiu empréstimo milionário com a Confederação Brasileira de Futebol (CBF). A entidade disponibilizou uma linha de crédito para clubes das Séries A e B do Brasileirão. Os times da primeira divisão teriam direito a R$ 5 milhões, enquanto os da Série B receberiam até R$ 15 milhões.

Publicidade

De acordo com o BolaVip, o Grêmio vai receber R$ 10 milhões, acima do teto, e isso teria a ver com a fama de bom pagador do presidente Romildo Bolzan. O valor emprestado ao clubes será pago até o fim do ano e não terá cobrança de juros. O dinheiro chegará em ótima hora ao Tricolor, já que apesar de as receitas não entrarem, as despesas com elenco, comissão técnica e demais funcionários continuam.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!