in

Maju Coutinho abre o Jornal Hoje com a notícia mais triste do dia

Número de mortes em decorrência da Covid-19 não para de crescer em todo o Brasil.

Reprodução Globo

No dia 16 de março, um homem de 62 anos, que tinha hipertensão, diabetes e hiperplasia prostática foi a primeira vítima fatal da Covid-19 no Brasil. No dia da morte deste homem, o país confirmava apenas 300 casos da doença. Em três meses, muita coisa mudou. O número de casos e de mortes aumento muito.

Publicidade

Nesta terça-feira (16), a jornalista Maju Coutinho iniciou o Jornal Hoje mais uma notícia triste sobre a Covid-19 no Brasil. Em três meses desde a primeira morte, o país passou de uma morte para 44.657, de acordo com levantamentos do consórcio formado por grupos de comunicação com dados das Secretarias Estaduais de Saúde.

O número de casos, que era de 300 em 16 de março, agora são de 904.734, de acordo com o consórcio. Os números elevados causam grande preocupação em todos os brasileiros. O consórcio dos grupos de comunicação foi formado há uma semana, após o Ministério da Saúde dificultar acesso aos dados da Covid-19. Após repercussão negativa, o ministério voltou atrás.

Publicidade

A Globo tem dedicado bastante espaço em seus telejornais para noticiar as consequências da pandemia no Brasil.
O Jornal Hoje, por exemplo, passou a ganhar mais tempo desde que a pandemia começou. O telejornal começa por volta das 13h20 e fica no ar até às 15h. Antes da pandemia, o jornal apresentado por Maju Coutinho terminava as 14h20. 

Publicidade

A mudança de horário resolveu um problema antigo da Globo: as derrotas frequentes para o quadro A Hora da Venenosa, do Balanço Geral SP. Desde que a pandemia começou, o Jornal Hoje não foi derrotado pela concorrência. O Se Joga perdia praticamente todos os dias.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!