in

Bolsonaro e mais uma opinião polêmica sobre mortes por Covid-19 no Brasil

Presidente da República deu entrevista ao canal Band News e mostrou dúvida em relação ao número real de óbitos por Covid-19.

Flickr Alan Santos

O Brasil é o segundo colocado nos rankings de casos e de mortes por Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. Desde março, 43.959 pessoas morreram em decorrência da Covid-19 em todo o país. Somente os Estados Unidos, com 116.127 mortes, tem número maior. Em relação aos casos, o Brasil registra 888.271 contra 2.114.026 dos Estados Unidos.

Publicidade

Os dados são do Ministério da Saúde e mostra o estrago que a doença tem feito em todo o país. Apesar disso, o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), duvida dos números e deixou isso claro mais uma vez. Nesta segunda-feira (15), o presidente deu entrevista à Band News.

Bolsonaro afirmou que os números relacionados à Covid-19 não são muito precisos. “Não condizem com a realidade”, afirmou o chefe do Executivo. Desde o começo da pandemia, Bolsonaro tem minimizado a doença. As declarações são um prato cheio para os críticos do presidente.

Publicidade

“Temos informações do Brasil todo de muita gente que falece de várias comorbidades e, entre elas, a Covid, e entra na estatística como Covid apenas. Isso não ajuda para que tenhamos uma numeração perfeita do que acontece, para que possamos tomar outras iniciativas”, afirmou o presidente da República.

Publicidade

A Covid-19 já matou 437.412 pessoas em todo o mundo, de acordo com dados da Universidade John Hopkins, nos Estados Unidos. Ao todo, 8.056 milhões de pessoas foram infectadas pelo novo coronavírus. Atualmente, o Brasil é um dos principais focos da doença em todo mundo. Na semana passada, o país registrou mais de mil mortes em alguns dias.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!