in

Menino de 5 anos compra R$ 225 em lanche pelo celular da mãe e alavanca negócio sem querer

Davi e os pais viram o número de seguidores na internet subir depois da travessura do menino.

Divulgação/G1

Constantemente, é possível ouvir histórias engraçadas de crianças que aprontaram alguma arte usando o celular da mãe. Já teve até um garotinho que fez uma live filmando a mãe na hora do banho, após ela deixar a internet ligada por um descuido. A verdade é que todo cuidado é pouco quando o assunto envolve os pequenos.

Publicidade

Imagine você chegar em casa e descobrir que o filho pequeno de apenas cinco anos fez um pedido de sanduiches no valor de R$ 225. O pedido foi realizado através de um famoso aplicativo de comida. Passada a raiva inicial e até começar a achar graça da situação, Erica Batista, moradora do Rio de Janeiro, teve uma ideia para tentar reverter a situação e amenizar o prejuízo.

Afinal de contas, os hambúrgueres haviam sido pagos com cartão de crédito. A arte da criança acabou servindo para divulgar o seu negócio de venda de bolos e doces. Depois de fazer uma postagem narrada a travessura do filho Davi, o post viralizou e rendeu mais de 20 mil compartilhamentos. Com isso, o perfil comercial acabou dobrando o número de seguidores.

Publicidade

Erica disse que deixou o filho em casa na companhia do pai, nesta última segunda-feira, 8 de junho, enquanto precisou ir ao mercado. Ao retornar para casa, chegou praticamente junto com o entregador, que estava com três sacolas lotadas de sanduíches para ela. “Na hora eu fiquei p. da vida. Eu queria cancelar o pedido, mas já não dava mais. Ele estava pago pelo cartão de crédito. Ai quando eu pego as bolsas e vejo lá todos aqueles hambúrgueres, eu comecei a rir”, disse a mãe, ao receber a encomenda feita pelo pequeno.

Publicidade

Erica faz doces, bolos e vende pela internet. Ela contou que Davi costuma mexer no telefone dela e por isso o pai não importou. Quando entrou em casa, a mãe explicou para o menino que ele não podia fazer isso e que o pedido tinha fica muito caro. Foi quando Davi disse que havia comprado para ela vendeu e que o intuito era ajudar.

Publicidade

A mãe contou que o pequeno empreendedor nem gosta de hambúrguer e não comeu nenhum. Para tentar reduzir os prejuízos, ela tentou realmente vender a comida e acabou conseguindo recuperar parte do dinheiro. Alguns vizinhos comprar e ainda acharam graça da situação.

Publicidade

Escrito por Shyrlene Souza

Redatora na web desde 2016, formada em ciências contábeis, apaixonada pela redação desde criança. Escrevo sobre assuntos diversos, famosos, maternidade e notícias que se destacam no Brasil e no mundo.