in

Grêmio vai receber quantia milionária da CBF: ‘vai nos ajudar bastante’

Confederação abriu linha de crédito de R$ 115 milhões para clubes das Séries A e B.

Arte: Diogo Marcondes

A situação dos clubes brasileiros durante a pandemia do novo coronavírus não é nada fácil. A diretoria do Grêmio faz questão de tornar público o momento difícil. Sem futebol, o clube não recebe dinheiro da Rede Globo, referente às cotas de TV, e ainda deixa de ganhar com bilheteria.

Publicidade

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) percebeu a situação delicada de muitos clubes e anunciou uma linha de crédito de R$ 115 milhões para as equipes que disputam as Séries A e B do Campeonato Brasileiro. O Grêmio comemorou a notícia.

O vice-presidente Claudio Oderich deu entrevista à Rádio Grenal e falou sobre o empréstimo que o clube vai receber. “Estamos renegociando tudo novamente, buscando prazos. Vamos receber R$ 10 milhões da CBF que vai nos ajudar bastante. Vamos sobrevivendo e torcendo que o futebol retorne logo para que tenhamos a volta da normalidade”, explicou.

Publicidade

O valor será pago à CBF sem juros. A entidade fará os empréstimos e terá como garantia os valores a serem recebidos pelos clubes nos contratos com televisão e premiação em torneios. Ou seja, o empréstimo é à prova de calote. Na mesma entrevista, o vice-presidente afirmou que confia no atual elenco do Grêmio e no trabalho do treinador Renato Portaluppi.

Publicidade

Segundo ele, a equipe deve buscar títulos porque tem um dos melhores grupos dos últimos anos. Quando o futebol voltar, o Tricolor disputará Campeonato Gaúcho, Copa do Brasil, Campeonato Brasileiro e Copa Libertadores da América. Na Copa do Brasil, o Imortal entrará na fase de oitavas de final.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!