in

Anonymous divulga novos dados sigilosos de Bolsonaro e coloca presidente em situação comprometedora

O grupo de hackers atacou o presidente Bolsonaro e promete divulgar mais informações ao longo da semana.

Catraca Livre

Um grupo de hackers vinculados ao famoso grupo Anonymous e intitulados Anonymous Brasil, agitou as redes sociais na madrugada dessa terça-feira, do 2 de junho. O perfil oficial do grupo no Twitter fez uma série de posts divulgando informações pessoais e sigilosas do presidente da república, Jair Bolsonaro, de seus filhos e de vários aliados políticos.

Publicidade

Entre os aliados que tiveram informações expostas estão os ministros da Educação, Abraham Weintraub, e da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, e também o empresário Luciano Hang, dono da Havan. Hang é um dos maiores defensores públicos do presidente e fez campanha ativa durante a corrida eleitoral.

No material vazado, os brasileiros tiveram acesso a CPF, número de telefone, endereço de email e físico, declaração de bens, dados de score e até mesmo dividas. Os dados, que foram publicados no Pastebin – site que permite colar e anexar documentos e códigos – saíram do ar uma hora depois da divulgação em massa.

Publicidade

O perfil do Twitter que estava anunciando e divulgando as informações saiu do ar e os hackers voltaram com outro perfil próximo das 3h da manhã. O Anonymous Brasil diz que vai continuar a disponibilizar informações que podem comprometer Jair Bolsonaro.

Publicidade

O presidente ainda não se manifestou sobre o caso, que promete ganhar espaço na mídia nas próximas horas, já que o grupo afirma ter mais informações, algumas delas comprometedoras, sobre o comandante do atual governo.

Publicidade

A exposição no cenário político brasileiro ocorre logo após o grupo internacional divulgar graves denúncias e acusar o presidente dos EUA, Donald Trump, e outras personalidades de terem ligação com tráfico infantil. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Gabriele

.