in

‘Minha mãe é… Maravilhosa’, o trabalho escolar de Rafael antes de ser morto pela mãe

Rafael Mateus Winques, de 11 anos, foi morto pela própria mãe no Rio Grande do Sul.

Arquivo pessoal Alexandra Dougokenski

A morte do menino Rafael Mateus Winques, de apenas 11 anos, na cidade de Planalto, no Rio de Grande do Sul, continua repercutindo em todo o país. O garoto foi morto pela própria mãe, Alexandra Dougokenski. Neste domingo (31), o Fantástico revelou mais alguns detalhes da relação entre mãe e filho.

Publicidade

O corpo de Rafael foi encontrado no dia 25 de maio, após a mãe confessar o assassinato e levar os policiais até o local – uma casa abandonada próxima de onde morava. Rafael havia desaparecido no dia 15 de maio. O crime tem causado muita revolta.

A mãe de Alexandra e avó de Rafael afirmou que não a considera mais sua filha. O irmão de Alexandra também se revoltou ao saber que ela cometeu o crime. O Fantástico exibiu detalhes da trama. O que mais chama a atenção é que Alexandra parecia ser uma boa mãe.

Publicidade

“Ninguém chegou e disse: ‘Ó, eu percebi que tinha alguma coisa, percebi briga’. Nada. Aparentemente tudo normal, uma mãe cuidadosa”, afirmou Denise Vojniek, conselheira tutelar de Planalto. Um trabalho escolar de Rafael também chama a atenção para a relação dele com a mãe.

Publicidade

O garoto tinha que completar a frase “minha mãe é…”. A resposta dele foi: “maravilhosa”. De acordo com Ladejane Ravagio, professora da escola onde Rafael estudava, o garoto tinha muito orgulho da mãe e ela era a pessoa que ele mais amava e confiava no mundo.
Diante de tudo isso, a polícia tenta descobrir o que levou Alexandra a tirar a vida do próprio filho sendo que a relação entre eles parecia ser ótima e o menino gostava muito dela.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!