in

Monica Iozzi se desespera com ‘piada’ de Jair Bolsonaro diante de mortes pelo coronavírus

Em tom de muita rigidez, Monica Iozzi citou os números provocados pela Covid-19 para se opor ao presidente da República.

Globo/Video Show/Reprodução | Sérgio Lima/Poder360

Monica Iozzi não anda nada satisfeita com o tom utilizado pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, em suas declarações no que se refere aos milhares de brasileiros mortos e infectados pelo novo coronavírus. Em uma das últimas declarações públicas da famosa, ela demonstrou revolta por uma suposta piada feita pelo mandatário nacional diante do caos instaurado pela doença.

Publicidade

Fazendo menção aos números atualizados até a última terça-feira (18), a contratada da Rede Globo demonstrou pavor pelos 17.983 mortos até então por complicações decorrentes da síndrome da Covid-19, sendo 1.179 casos apenas nas 24 horas anteriores.

“E é isto o que o nosso presidente faz: piada. Quem ainda tem coragem de apoiar este homem?”, questionou a famosa. “O horror! O horror!!!”, completou. A reação de Monica já foi vista por mais de 600 mil internautas pelas redes sociais, e vem dividindo opiniões entre críticos e apoiadores do presidente Jair Bolsonaro.

Publicidade

Alguns dos internautas apontaram uma certa insanidade mental no político por conta de tais declarações. Outros criticaram a postura frente ao cargo de grande importância para o qual foi eleito. “Sem postura nenhuma. Nem parece que é presidente”, disparou um seguidor de Monica Iozzi.

Publicidade

A suposta piada referida por Monica Iozzi ocorreu durante transmissão pelas redes sociais em que Jair Bolsonaro fala sobre o uso do protocolo da cloroquina. A medicação é amplamente defendida pelo presidente e seus partidários, embora não hajam estudos contundentes sobre a real eficácia contra o coronavírus, apesar de muitos relatos de melhora com o uso da medicação.

Publicidade

“Quem for de direita toma cloroquina, quem for de esquerda toma tubaína [refrigerante]”, disse em tom irônico o presidente da República na ocasião. O uso da substância no combate ao novo coronavírus vem dividindo opiniões em todo o país.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Henrique Furtado

Henrique Furtado é um redator com vasta experiência no jornalismo online. Solidificou sua carreira com coberturas marcantes sobre os principais acontecimentos no Brasil e no mundo ao longo da última década. Suas especialidades englobam desde os bastidores da política, versando por esportes, atualidades e, claro, tudo o que acontece no mundo dos famosos. Está sempre ligado para entregar, em primeira mão, as últimas novidades para os seus leitores, 24 horas por dia, 7 dias por semana, 365 dias por ano.

Contato: henriquefurtado.jornalista@gmail.com