in

Idosa com suspeita de coronavírus é colocada viva em saco para cadáveres

Vídeo foi feito pela família, mas segundo autoridades, é comum colocar o saco usado para cadáveres em outras funções.

BBC

Um vídeo gravado em um hospital do estado do Pará acabou viralizando pelo mundo. Nas imagens, uma idosa com muita dificuldade para respirar está deitada em cima de um saco utilizado para guardar cadáveres. Ela foi internada com suspeita de coronavírus e acabou falecendo após as imagens serem gravadas. Ainda não há o resultado do exame da idosa, como mostra uma matéria da BBC Brasil. 

Publicidade

No entanto, o vídeo se espalhou pelo mundo como uma meia mentira. As imagens tem sido usadas por grupos negacionistas, que argumentam que autoridades estariam matando pessoas para aumentar o número das possíveis vítimas do coronavírus. No Brasil, apenas pessoas testadas positivas para a Covid-19 entram nos números oficiais da pandemia no país. 

O caso está sendo investigado pela polícia de Belém, mas uma das filhas da idosa confirma que foi ela quem gravou o vídeo desesperador da mãe passando mal. De acordo com ela, o objetivo foi enviar o material para um irmão, que estava muito preocupado com a evolução do quadro clínico da aposentada, que infelizmente veio a falecer. 

Publicidade

A BBC Brasil buscou o hospital, que confirmou que a idosa era uma suspeita de coronavírus e que estava mesmo em um saco utilizado para carregar corpos, mas que essa prática é “normal”, já que a estrutura também seria utilizada, por exemplo, para forrar a maca dos pacientes. 

Publicidade

“Em nenhum momento a paciente foi encaminhada para o necrotério enquanto viva”, disse o governo do Pará ao falar sobre as cenas, que mostram como está sendo o tratamento de pacientes com Covid-19 no Brasil.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.