in

Atriz que atuou em Carrossel avalia decisão do ministro da Educação: ‘Piada’

A atriz Fernanda Concon criticou o discurso de Abraham Weintraub sobre o Enem.

Instagram Fernanda Concon/AG. SENADO

A intérprete de Alícia na novela Carrosel, Fernanda Concon, fez diversas críticas ao ministro da educação, Abraham Weitraub, que optou por manter a data inicial do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), mesmo com as consequências da pandemia da Covid-19. A jovem, que atualmente está cursando Relações Internacionais na PUC, alfinetou dizendo que a decisão chega a ser uma piada.

Publicidade

No início da semana, a estudante publicou o vídeo em seu perfil no Instagram expondo sua opinião ao Ministério da Educação e pedindo o adiamento do Enem.

Fernanda começou dizendo ao ministro que, se ele tivesse o mínimo de entendimento sobre o que está acontecendo no mundo, principalmente no Brasil no momento e ainda sobre a realidade social do país, ele entenderia o que todos estão pedindo.

Publicidade

A youtuber declarou que falar sobre o Enem 2020 foi uma coisa que os seus seguidores a pediram muito, mas mesmo se ninguém tivesse pedido Fernanda sente que tem uma grande responsabilidade com o público, uma vez que ela tem um dever a cumprir como estudante, brasileira e influenciadora.

Publicidade

Concon ressaltou que sempre abordou o tema educação nas suas mídias, ainda mais ao saber que vários seguidores estão prestando vestibular e pretendiam fazer o Enem esse ano. Fernanda disparou que tem essa responsabilidade de seus posicionar junto aos fãs sobre a situação divulgada pelo Ministério da Educação.

Publicidade

A atriz afirmou que quando acontece algo do tipo, os influenciadores têm responsabilidade de dar a cara a tapa na rede social, de dar voz a muita gente que não é escutada. Embora fosse mais fácil para ela, que estuda em uma universidade privada e à distância não falar sobre o assunto, isso é incabível, segundo a atriz.

Publicidade
Publicidade