in

O que é monofobia? Você pode sofrer disso e nem saber

Há vários males decorrentes da vida moderna e a monofobia é mais um desses problemas.

Divulgação: Obvious

A sociedade moderna está cada vez mais exigente e a vida é cada vez mais corrida. Tudo isso prejudica a saúde mental, emocional e física do indivíduo que não têm controle sobre suas tarefas e não consegue ter tempo para se cuidar. Assim, os problemas emocionais estão cada vez mais frequentes.

Publicidade

Ansiedade e depressão são exemplos desses problemas. Mas, existem outros menos discutidos, porém, que vêm aumentando gradativamente a incidência na população. A monofobia também é grave e você vai entender o que é e como evitar esse distúrbio em sua vida.

Sintomas da Monofobia

Esse transtorno emocional pode causar sintomas físicos ou mentais. Entre eles, destacam-se as náuseas, suor excessivo nas mãos e nos pés, aceleração do ritmo cardíaco e falta de ar, no aspecto físico. Já os sintomas mentais incluem medo de ficar sozinho, paralisação diante de tarefas, procrastinação e nos casos mais graves até ataques de pânico.

Publicidade

Também pode o paciente desenvolver dependência emocional por outra pessoa que lhe dê uma falsa ideia de conforto ou segurança.

Publicidade

A doença atinge mais adolescentes e adultos que, na ausência de um acompanhante por perto, podem sentir uma grande dificuldade em realizar tarefas básicas como sair na rua, pegar um transporte coletivo, solicitar informações e outras atividades sociais diversas.

Publicidade

Tratamento para Monofobia

Da mesma forma que pacientes de ansiedade ou depressão possuem dificuldades em encarar a necessidade de ter força de vontade para sair do quadro por esforço próprio, a monofobia também não é fácil de enfrentar. Isso porque o subconsciente vai insistir que realizar aquelas atividades é algo extremamente perigoso.

O tratamento para a pessoa monofóbica envolve terapia comportamental e cognitiva, onde o psicólogo vai tentar reprogramar a mente para que a pessoa consiga rever a maneira correta de agir e se comportar em público ou sozinha.

Técnicas de relaxamento através da respiração e o uso de animais de estimação nas terapias também podem ser bastante úteis nos casos de monofobia.

Publicidade
Publicidade
Publicidade