in

Especialistas garantem que homofobia pode ser o primeiro passo para se tornar homossexual

Homofobia pode ser o primeiro passo para uma pessoa ser homossexual, segundo alguns estudos.

Francisco Daudt

Muitos dizem por aí que as pessoas que cometem homofobia, na maioria dos casos, são na verdade homossexuais enrustidos. Agora, essa afirmação deixa de ser apenas um dito popular, uma vez que estudos realizados pelas universidades de Rochester e da Califórnia, ambas dos Estados Unidos, e da Essex, na Inglaterra, prova que isso é real.

Publicidade

Segundo especialistas, é possível comprovar que pessoas que crescem em um ambiente familiar repressor, há um aumento de desejos internos bastante reprimidos. Para evitar qualquer tipo de problema na família, elas escondem essa atração por pessoas do mesmo sexo e se tornam preconceituosas para se defender de eventuais acusações.

A conclusão do estudo foi publicado em uma edição do Journal of Personality and Social Psychology. Foi possível finalizar a pesquisa a partir de quatro experimentos, levando em consideração o tempo de resposta, bem como a relação de apoio de uma autonomia dada pelos pais e a diferença existente entre a sexualidade declarada e a implícita.

Publicidade

Foram realizados alguns testes com 160 universitários. Nos dois primeiros eles tinham que classificar imagens como hetero ou homossexuais, além de localizar pessoas com gêneros diferentes. Com isso se tornou possível saber a orientação sexual de cada pessoa.

Publicidade

Demais testes consistiram em ter como objetivo central a situação em família, como também valores, opiniões, crenças e até preconceitos que foram vivenciados por eles. Após esses testes, foi possível mensurar uma grande distância entre orientação sexual implícita e explícita deles, na qual famílias repressoras não davam autonomia para seus filhos.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Nado Calegari

Sou formado em Sistemas de Informação com pós-graduação em Gerenciamento de Projetos em T.I. Além de atuar como programador há 8 anos, trabalho também como redator há cerca de 3 anos, o que fez despertar uma nova paixão. Tanto que, atualmente, sou graduando em Letras - Português e Inglês. Escrevo sobre tudo o que envolve o mundo do entretenimento, além de falar sobre esportes e as principais notícias do dia a dia. Pode entrar em contato comigo através do e-mail nado_news@hotmail.com .