in

Estado de saúde de Diego Souza é atualizado no Grêmio, após jogador contrair Covid-19

Centroavante do time de Renato Portaluppi segue longe dos treinamentos, após diangnóstico.

Divulgação: Grêmio

O atacante Diego Souza ainda não retornou aos treinamentos no Grêmio. Na semana passada, quando os jogadores do Tricolor se reapresentaram para início dos treinos, o centroavante não compareceu porque havia sido diagnosticado com a Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus.

Publicidade

O jogador prosseguiu em sua casa, no Rio de Janeiro, devido ao problema de saúde. Nesta segunda-feira (11), sua situação foi atualizada. As informações que tem no momento é que Diego Souza não apresenta mais nenhum dos sintomas da Covid-19.

Entre os sintomas da doença estão febre, perda de paladar e olfato e falta de ar. Este último sintoma, aparece nos casos mais graves da Covid-19. Apesar de estar sem sintomas, Diego Souza segue longe dos treinamentos. A volta só vai acontecer quando houver confirmação, por meio de outros teste, que ele já não está mais infectado com o novo coronavírus.

Publicidade

Além do jogador, outros dois profissionais do clube estavam com Covid-19. O estado de saúde deles não foi divulgado até o momento. Diego Souza chegou ao Grêmio no começo do ano, depois de passagem pelo Botafogo. O time de Renato Portaluppi procurava um homem de referência para o ataque.

Publicidade

Após desempenhar essa função no São Paulo e no próprio Botafogo, Diego Souza foi contratado. O jogador é muito importante para o esquema de jogo de Renato. Além disso, o ex-meio-campista tem história no Imortal. Em 2007, com ele no meio, o Grêmio foi vice-campeão da Copa Libertadores da América. Perdeu a decisão do torneio continental para o Boca Juniors.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!