in

Joice Hasselmann não se cala e desafia Bolsonaro a mostrar o que ele tanto tenta esconder

Joice disse que pretende protocolar outro projeto para acabar de vez com os cartões corporativos.

Revista Fórum

A jornalista Joice Hasselmann é uma das pessoas mais influentes que andou lado a lado com Bolsonaro durante a corrida presidencial. Chamada até de “Bolsonaro de saias” devido ao seu alinhamento com as promessas do então candidato à Presidência, a parlamentar mais votada na história da câmara percebeu que o governo estaria andando por um caminho totalmente diferente do prometido, pulou fora e manteve a sua posição em relação a tudo o que defendeu.

Publicidade

Joice, diferente de muitos, não teve orgulho e assumiu que errou em acreditar, até mesmo influenciando seus milhares de seguidores nas redes sociais, de que teríamos um cenário político diferente dos governos anteriores.

Após vir a público e começar a denunciar os podres do atual governo, a deputada sofreu ataques de todas as formas nas redes sociais e comeu o verdadeiro “pão que o diabo amassou”. Foi xingada, humilhada, ridicularizada, perdeu seguidores, mas aqueles que entenderam o posicionamento de Joice se mantiveram firmes, e hoje continuam seguindo a deputada. No YouTube, Facebook, Instagram e Twitter Joice soma quase 4,5 milhões de seguidores.

Publicidade

Na tarde desta segunda-feira, 11 de maio, a líder do PSL na Câmara relembrou em seu Twitter que tinha protocolado um projeto para a suspensão por quatro meses do uso de cartões corporativos do Palácio do Planalto. Ontem, uma notícia publicada pelos principais jornais do país mostrou que os gastos com cartão corporativo da Presidência da República, usado para bancar despesas sigilosas do presidente Jair Bolsonaro, dobraram nos quatro primeiros meses de 2020, na comparação com a média dos últimos cinco anos. A fatura no período fechou em 3,76 milhões, mas o detalhamento das despesas é trancado a sete chaves pelo Palácio do Planalto.

Publicidade

No mesmo tuíte Joice disse que pretende protocolar outro projeto para acabar de vez com os cartões corporativos. “Já tinha protocolado projeto de lei que suspende cartões corporativos enquanto durar calamidade pública. Vou protocolar outro para acabar com essa mamata para sempre! Chega de farra com dinheiro público!”, disse a deputada na rede social.

Publicidade

Joice ainda desafiou Bolsonaro a mostrar para o Brasil quais foram os gastos com os cartões. “Se @jairbolsonaro tiver um pingo de vergonha na cara, #MostraAFaturaBolsonaro”. A hashtag pedindo ao presidente para mostrar a fatura ficou entre um dos assuntos mais comentados de hoje.

Um dos seguidores pediu para deputada deixar de se preocupar com o presidente e cuidar das necessidades do povo, mas ela foi direta na resposta. “É exatamente o que estou fazendo com esse projeto de lei. Você concorda com gastos ilimitados e sem mostrar a fatura de cartões corporativos?”, respondeu ao seguidor.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Anna Müller

Bastante ativa nas redes sociais, escrevo conteúdo sobre os mais diversos assuntos para a plataforma i7 Network.