in

Pai e filho morrem de coronavírus com poucas horas de diferença, e irmã desabafa

Tanto o homem quanto seu filho testaram positivo para a doença após realização de exame.

Polêmica Paraíba

O número de mortes em decorrência do novo coronavírus não para de aumentar. Só no Brasil, o índice de óbitos de pessoas por causa da Covid-19, doença provocada pelo vírus, chegou a mais de oito mil e te, subido cada vez mais rápido, causando pânico e muita preocupação na população.

Publicidade

Entre as últimas vítimas fatais do coronavírus estão um pai e seu filho, que morava no Rio Grande Sul. Gilmar Engel, de 56 anos de idade, e Rodolfo Zeni Engel Neto, de 32 anos, tiveram suas mortes registradas na última terça-feira (05/05).

Ao ter os sintomas de Covid-19, no último dia 28, Gilmar foi ao Hospital Bruno Born, que fica localizado na cidade de Lajeado. Ele precisou ser internado e fez o exame para saber se estava ou não com a doença. Um dia depois, o resultado deu positivo, confirmando a presença do vírus.

Publicidade

O filho de Gilmar foi internado um dia depois do pai, no Hospital São Gabriel Arcanjo, que fica situado em Cruzeiro do Sul, onde ele morava. Rodolfo sofreu piora em seu estado de saúde e precisou ser transferido para o Hospital de Clínicas, na capital do estado. Gilmar faleceu por volta de 1h da madrugada, enquanto o filho veio a óbito apenas algumas horas depois. 

Publicidade

A irmã de Gilmar se mostrou extremamente abalada com a perda do irmão e do sobrinho e desabafou: “Estamos sofrendo muito pela perda deles pelo Covid e morremos junto com a tristeza de não podermos estar perto abraçar e nós despedirmos deles. Tudo é muito sofrido“, disse. A esposa da vítima e mãe de seu filho também está infectada pelo coronavírus e segue internada em um hospital local.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Aurilane Alves

Escrevo sobre os assuntos mais bombados do momento, famosos, curiosidades, notícias em geral.