in

Jogador de futebol que ‘morreu em acidente’ em 2016 é encontrado vivo

Caso está sendo investigado pelas autoridades, e ex-mulher do atleta está na mira da justiça.

UOL / Extra / Montagem Ghean Fernandes

A notícia de que um jogador dado como morto em 2016, após um acidente de carro, estaria vivo, acabou chamando a atenção da mídia após as autoridades iniciarem uma investigação sobre o caso. Segundo o jornal Bild, Hiannick Kamba não teria morrido e ainda estaria trabalhando como químico em uma fornecedora de energia.

Publicidade

O jogador congolês foi visto perto de sua antiga residência, na Alemanha, e a principal suspeita é de que a ex-mulher do atleta tenha forjado a morte do jogador para ficar com o seu seguro de vida.

Ainda de acordo com o jornal Bild, a ex do jogador teria produzido uma certidão de óbito e também anunciado o funeral de Kamba, logo após o lateral-direito ser dado como morto, há quatro anos. Segundo as investigações, ainda não se pode ter certeza se a mulher teria falsificado os documentos ou teria os conseguido por meio de corrupção.

Publicidade

A ex-mulher do atleta não teve sua identidade divulgada, mas será acusada publicamente pela procuradora-geral da cidade de Essen. O jornal que trouxe à tona o possível golpe e a notícia de que Kamba não teria morrido, não publicou pronunciamento dos envolvidos.

Publicidade

Kamba, que atualmente está com 33 anos, e jogava no VFB Huls quando sua morte acabou sendo anunciada, já passou por outros três times menores na Alemanha. Sobre o tal seguro de vida que teria sido recebido pela ex do atleta, o jornal Bild não informou a quantia exata mais deixou claro que a “bolada” passa da casa dos seis dígitos. As investigações continuam em torno do caso que acabou chamando a atenção.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade