in

Filho de Flávio Migliaccio desabafa sobre morte do pai em carta aberta: ‘tentei impedir’

Através do Facebook, Marcelo prestou homenagem ao pai e falou sobre últimos momentos do ator.

Filmow / O Fuxico / Montagem Ghean Fernandes

Na última segunda-feira (05), muita gente se entristeceu com a notícia do falecimento de Flávio Migliaccio e prestou suas últimas homenagens ao ator, famoso por seu trabalho em novelas e no cinema nacional. Marcelo Migliaccio, filho do artista também prestou seu último adeus ao pai através de uma carta aberta publicada no Facebook.

Publicidade

Em relato emocionante, Marcelo falou sobre os últimos momentos com Flávio e contou que esteve com o ator no último domindo (03), e cuidava da mãe quando o pai decidiu pegar um táxi e seguir para o sítio da família.

Na carta aberta, o filho de Flávio contou que o ator não se despediu da família tampouco avisou sobre o que estaria por vir. Marcelo relatou que o pai já não aguentava mais ver seu corpo se deteriorar por conta da idade avançada e que o artista já não escutava e enxergava com perfeição.

Publicidade

“Tentei impedir de todas as formas”, desabafou Marcelo, afirmando que a todo tempo tentava animar o pai e relembrar seu excelente trabalho como ator ao longo da vida, mas que todo seu esforço não teria feito com que o artista se sentisse melhor. Flávio insistia em dizer que “não aguentava mais viver num mundo como esse”, conforme relatou o filho do falecido.

Publicidade

Marcelo aproveitou a carta aberta para dizer que apesar de estar sofrendo bastante com a morte do pai, teria respeitado a decisão do ator. O filho de Flávio a todo tempo rendeu elogios ao veterano e ator e fez questão de agradecer o todo apoio recebido durante esse momento de luto. Leia a carta na íntegra:

Publicidade

Eu sabia que o meu pai era muito querido pelo Brasil inteiro. O que eu não fazia ideia era do quanto eu tinha amigos,…

Gepostet von Marcelo Migliaccio am Dienstag, 5. Mai 2020

Flávio Migliaccio foi achado sem vida pelo caseiro do sítio da família, e ao lado de seu corpo foi encontrado uma carta de despedida, a qual narrava o descontentamento do artista com a humanidade.

Publicidade
Publicidade
Publicidade