in

Bolsonaro causa com novas declarações: ‘chegamos no limite, não tem mais conversa’

O presidente deixou claro como pretende governar e polemizou com as decisões.

G1

Na manhã deste domingo (03/05), o presidente da república Jair Messias Bolsonaro, que tem sido um dos nomes mais falados do momento devido à polêmicas, se fez presente em uma manifestação antidemocrática e inconstitucional em Brasília. O evento era contra o Supremo Tribunal Federal (STF) e também contra o Congresso.

Publicidade

Na manifestação, o magistrado deu diversas declarações sobre a atual situação do Brasil e falou que não quer mais interferência sobre suas decisões, referindo-se ao fato de que o comandante que tinha escolhido para a Polícia Federal, Alexandre Ramagem, havia sido barrado pela Justiça.

Bolsonaro também declarou que o povo e as forças Armadas estaria com ele e que espera não ter mais imprevistos nos próximos dias: “Vamos tocar o barco. Peço a Deus que não tenhamos problemas nessa semana. Porque chegamos no limite, não tem mais conversa. Tá ok? Daqui para frente, não só exigiremos, faremos cumprir a Constituição. Ela será cumprida a qualquer preço”, disse o presidente.

Publicidade

Bolsonaro ainda pegou nos braços uma criança que estava com máscara abaixo da boca, e cumprimentou. Ainda pegou nas mãos de algumas pessoas que estavam na manifestação, causando grande aglomeração no local, o que tem sido repudiado pelas organizações de saúde devido à pandemia.

Publicidade

Recentemente, o presidente se envolveu em polêmica ao responder “E Daí” em resposta ao questionamento de um entrevistador a respeito das mortes por coronavírus. Sua atitude deu o que falar no Brasil inteiro, e vários pedidos de impeachment já foram feitos.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Aurilane Alves

Escrevo sobre os assuntos mais bombados do momento, famosos, curiosidades, notícias em geral. Pode entrar em contato comigo por meio do Instagram @paolla.evellyn