in

Luto na Globo: nome do Jornal Nacional morre e pega todos de surpresa

Ronan Soares, que trabalhou na Globo entre 1975 e 1995, morreu aos 80 anos; ele foi editor do JN.

TV Globo

O luto é sempre algo difícil de se lidar em todo o mundo. Nesta quinta-feira, 30 de abril,  um importante nome do Jornal Nacional acabou falecendo. As informações foram dadas pelo UOL e também confirmadas pela Globo, durante o Bom Dia Brasil. A morte pegou todos de surpresa e ocorre em um momento difícil para o jornalismo brasileiro.

Publicidade

Além dos ataques que a imprensa recebe constantemente, profissionais tem trabalhado em meio à pandemia de coronavírus, expondo-se aos mais variados riscos. A morte em questão é de Ronan Soares, ex-editor do Jornal Nacional. Ele tinha 80 anos de idade. Ronan estava internado desde o ano de 2018. Há cerca de dois anos, ele estava lutando com uma doença neurológica. 

Ronan Soares ficou vinte anos na Globo, estando em diversos telejornais da casa. Ao todo, o profissional esteve na emissora entre os anos de 1975 e 1995, passando por diversas mudanças significativas na emissora carioca. 

Publicidade

Por sua importância dentro da Globo, Ronan Soares chegou a colaborar com o livro sobre os 35 anos do Jornal Nacional. Em 2004, o livro foi lançado e trouxe um pouco dos bastidores da emissora e como colocar o principal telejornal do país no ar pode colocar dificuldades para os profissionais que ali trabalharam. 

Publicidade

Nas redes sociais, a morte do ex-editor do Ronan Soares pegou muita gente de surpresa. Alguns amigos, profissionais e fãs do telejornal fizeram questão de lamentar a perda através da internet. “Muito triste tudo isso, mas vai marcar para sempre a história”, disse um dos internautas.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.