in

Fátima confronta Bolsonaro ao vivo na Globo e diz o que muitos queriam, mas não tinham coragem

Fátima Bernardes começou o Encontro de hoje repercutindo fala do presidente Jair Bolsonaro.

UOL / Globo

Fátima Bernardes usou o começo do Encontro desta quarta-feira, 29 de abril, para criticar o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro. A apresentadora, que namora o deputado federal Túlio Gadelha, de partido rival a Bolsonaro, o PDT, repercutiu a polêmica fala do presidente do Brasil na noite desta terça-feira, quando foi questionado sobre o Brasil ter passado a China na quantidade de mortos por Covid-19. 

Publicidade

O presidente, sempre polêmico, disse que até tinha Messias em seu nome, mas que não era capaz de fazer milagre em torno da doença. Fátima Bernardes não gostou  e foi dura com Bolsonaro. Primeiro, a apresentadora mostrou no telão que as principais palavras escritas na internet, ao longo do dia, estariam relacionadas ao político.

Em seguida, Fátima Bernardes contou que ninguém espera do presidente um milagre, mas que pelo menos o político, que no passado chegou a chamar o coronavírus de “Gripezinha”, poderia ser solidário às famílias das vítimas. 

Publicidade

“Não era uma questão de milagre, neste momento. Certamente, um pouco de solidariedade faria bem à família das vítimas. Às famílias das pessoas que estão sofrendo com os seus parentes internados”, disse a apresentadora, lembrando que no Brasil já existem mais de cinco mil pessoas mortas por conta da doença. 

Publicidade

A apresentadora da TV Globo continuou a enumerar a situação. “E também aos profissionais de saúde, que estão nessa batalha louca todo dia, tentando salvar vidas, muitas vezes sem condições de trabalho, arriscando a própria vida. Então, acho que talvez só a questão da solidariedade faria muita diferença neste momento”, disse a comunicadora ao falar sobre o assunto. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.