in

São Paulo em dificuldades financeiras devido ao coronavírus

Dirigentes do clube fazem proposta para acertar salário de atletas e funcionários.

Pleno.News

Com a pandemia do Covid-19 e a paralização dos jogos, uma grande crise financeira acabou atingindo alguns clubes de futebol, e com o São Paulo não foi diferente. Os dirigentes trabalharam durante semanas para entrar em consenso com seus jogadores e definirem as possibilidades de pagamentos, de forma a não sobrecarregar a receita do clube.

Publicidade

São Paulo tem dificuldades financeiras devido ao coronavírus

A falta de dinheiro no clube não atingiu somente a negociação salarial dos funcionários atuais, mas, um novo acordo teve que ser feito com 12 ex-jogadores, que aceitaram receber as próximas quatro parcelas com valor reduzido.

O recente acordo com os ex-atletas resultará num respiro financeiro de R$ 400 mil neste mês. A proposta do São Paulo é pagar, contando maio, quatro parcelas, sendo 50 % do valor do vencimento atual e, nas últimas cinco parcelas, será o vencimento total, mais a soma de 50% de reembolso.

Publicidade

Dirigentes do clube fazem proposta para acertar salário de atletas e funcionários

Tivemos que entender o momento complicado que o mundo está vivendo, inclusive o São Paulo, e solucionamos a questão amigavelmente, atendendo os interesses dos jogadores e do clube“, afirmou o advogado representante dos ex-jogadores, Leonardo Laporta.

Publicidade

Os ex-jogadores do clube são: Arouca, Borges, Diego Tardelli, Edcarlos, Eder Luis, Hugo, Joilson, Juan, Junior Cesar, Lenilson, Renato Silva e Zé Luis.

Publicidade

O São Paulo também precisou se acertar com os atuais jogadores do time e, embora tenha encontrado certa dificuldade no início das negociações, conseguiu fechar um acordo favorável ao clube e aos atletas.

Publicidade
Publicidade
Publicidade