in

Quiróloga faz terrível previsão sobre coronavírus e diz que futuro pode ser muito pior

Questionada se futuro seria pior que a atual pandemia de coronavírus, quiróloga disse que sim.

UOL / Montagem

Regina Shakt, quiróloga das celebridades, que já fez previsões para artista como Xuxa Meneghel, deu uma entrevista publicada neste sábado, 25 de abril, pelo portal de notícias UOL. Regina Shakt fala sobre muitas questões, mas foca suas previsões no coronavírus.

Publicidade

Em resumo, a mulher que é especialista em ler o futuro nas mãos, garante que o futuro após a pandemia pode ser pior que os dias que vivemos hoje e dá até prazos. Ela garante que o coronavírus continuará sendo um grande problema para a humanidade, até, pelo menos, dezembro deste ano. 

De acordo com Regina Shakt, depois do retiro forçado que os seres humanos estão passando, elas passarão a serem mais conscientes com o próximo e com a natureza. Mesmo assim, tempos sombrios viriam, já que a pobreza assolaria boa parte da sociedade. 

Publicidade

Regina Shakt diz que a arte passará por um período de solidariedade e não ganhos, algo parecido com o resto da sociedade. Ela diz ainda que a pandemia veio mostrar que os seres humanos tem dificuldade do autocontrole e que isso agora passou a ser uma característica preciosa em todos nós. 

Publicidade

De acordo com  a espiritualista, a arrogância não será perdoada e quem mais vai sofrer são as pessoas que estão focadas,  neste momento, no chamado discurso do ódio. Regina Shakt também pede que as pessoas não coloquem a culpa nas outras pelos seus próprios problemas. 

Publicidade

Sobre a televisão, a quiróloga é explícita. “Finalmente muitos profissionais entenderão o papel dos meios de comunicação. É um departamento onde não será viável trapaças e mentiras, elas terão que ser vencidas”, disse ela.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.