in

Detalhes de como Ísis Helena foi morta vem à tona e o que mãe fez com ela é assustador

Record / Montagem

Na noite desta segunda-feira, 22 de abril, o programa Cidade Alerta, da Record TV, leu a confissão de Jennifer, mãe da menina Ísis Helena, que desapareceu há mais de um mês, antes de completar os dois anos de idade. A menina era especial e, para a polícia, está morta. Na confissão, Jennifer diz que após a filha morrer, ela acabou jogando o corpo de Ísis Helena em um rio da região. 

Publicidade

Ísis Helena: Luiz Bacci lê ao vivo a confissão da mãe da menina desaparecida

No Cidade Alerta, o apresentador Luiz Bacci leu a confissão da mãe de Ísis. Durante a leitura, em um link ao vivo com a tia da menina foi realizada pela emissora. Ela ouvia perplexa o depoimento de Jennifer, que agora é contestada pela presa, que diz que só confessou a situação sobre coação da polícia.

No depoimento, Jennifer fala que no dia em que a menina morreu, ela colocou 8 gotas de ibuprofeno para Ísis tomar e foi dormir. Em seguida, ao acordar, viu que a menina estava com espuma na boca e ficou com medo e confusa. A mãe revela que pensou em acionar o Samu, mas com medo decidiu dar fim ao corpo. 

Publicidade

Jennifer diz que não chamou o Samu com medo do que aconteceria com ela, já que a família do pai da criança já havia denunciado Jennifer e tentava a guarda de Ísis Helena. 

Publicidade

Foi então que a mulher decidiu jogar o corpo da garota em um rio na região. Ainda pela manhã, o cadáver de Ísis Helena foi jogado no rio e Jennifer ficou olhando a correnteza levar a criança, que até agora não teve o corpo encontrado pelas autoridades policiais, que continuam as buscas.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.