in

Técnica em enfermagem morre por Covid-19 esperando vaga na UTI; ela deixou filha de 6 anos

Expresso PB

Mais uma morte por causa do novo coronavírus abalou uma família brasileira. A vítima foi uma técnica de enfermagem chamada Williane Maily Lins dos Santos. Ela tinha 30 anos de idade e faleceu depois de não conseguir vaga em uma UTI.

Publicidade

Williane havia apresentado sintomas da Covid-19 e foi ao Hospital João Murilo, que fica localizado em Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata pernambucana, para receber atendimento médico. Devido à superlotação, ela precisou fica na espera por um leito na Unidade de Terapia Intensiva.

Após passar várias horas aguardando uma vaga, a técnica de enfermagem não conseguiu resistir e morreu na última sexta-feira (17/04), depois de sofrer uma parada cardíaca. O leito na Unidade de Terapia Intensiva foi disponibilizado pouco tempo depois. 

Publicidade

Agora, dias após a morte da jovem, o hospital que recebeu a paciente emitiu um laudo médico que confirmou a causa da morte de Williane. A pernambucana deixa uma filha de apenas seis anos de idade.

Publicidade

Antes de ir ao hospital, Williane havia passado cerca de duas semanas em casa apresentando sintomas do coronavírus. Seu padastro, Abimael Francisco,  contra que ninguém da família havia chegado a pensar que se tratava de Covid-19, achando que seria apenas uma gripe.

Publicidade

Williane só foi entubada na noite em que morreu. Abimael, acredita que houve demora para realizar tal ação: “A ajuda demorou muito. Era para terem levado ela logo pela manhã para a UTI, assim que chegou ao hospital. Porque se tivessem entubado mais cedo talvez ela não tivesse morrido“, conta.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Aurilane Alves

Escrevo sobre os assuntos mais bombados do momento, famosos, curiosidades, notícias em geral.