in

Andrey rejeita proposta internacional:” Se for bom para mim e for ajudar o Vasco”

Vascaínos Unidos

O mundo do futebol vem sofrendo com a paralisação forçada pela pandemia da Covid-19, e um dos torneios afetados é o Campeonatos Brasileiro. Os clubes estão enfrentando momentos de crise financeira, e o período de negociações para novas contrações de reforços para equipes brasileiras diminuiu bastante. 

Publicidade

Andrey rejeita proposta internacional: “Se for bom para mim e for ajudar o Vasco”

O meio-campista Andrey Ramos participou de uma entrevista exclusiva ao Expediente Futebol, nesta segunda-feira (20). Durante a entrevista, Andrey, que foi revelado recentemente no clube do Vasco, falou sobre seu posicionamento quanto à sua carreira em São Januário. O volante, que se tornou uma das joias raras jogando na categoria de base do time, virou alvo de supostas negociações de clubes internacionais, desde da temporada passada.

Publicidade

Joia rara do Cruz-Maltino bate-papo com Expediente Futebol e fala de Ramon Menezes

Andrey, de 22 anos, estava se destacando com seu desempenho em campo e foi ganhando espaço no elenco gradativamente, e com a paralisação por conta do coronavírus, os dirigentes e o elenco do time estão em férias antecipadas. O atleta afirmou que ano passado teve uma proposta de um clube turco, mas não aceitou a oferta e decidiu ficar na dedicação total ao Vasco.

Publicidade

O meu empresário não chegou a comentar nada comigo de proposta. Ano passado teve sondagem, teve proposta de um clube turco, mas não foi aceita. Esse ano não chegou nada concreto, só sondagens. Se for bom para mim e for ajudar o Vasco, tenho certeza que vão tomar a melhor decisão“, afirmou o atleta.

Publicidade

Na saída do técnico Abel Braga do comando do time vascaíno, os dirigentes receberam Ramon Menezes em seu corpo técnico para reforçar a equipe. Ramon, o Reizinho da Toca, foi jogador de vários times brasileiros, auxiliar-técnico no Joinville e no Cruzmaltino, e treinador no ASSEV, antes do Vasco. O jogador Andrey, na conversa, rendeu elogios ao novo comandante.

É um cara que quer trabalhar muito, que está com muita fome e sede de conquistas, sempre disposto a treinar, trabalhar. Entende muito de futebol, passa coisas que aprende para a gente. Está preparado e tenho certeza que vai ajudar muito o Vasco, vai corrigir os erros que estávamos cometendo”, completou.

Publicidade
Publicidade
Publicidade