in

Dráuzio Varella assusta ao falar quanto tempo o coronavírus pode durar no Brasil

Reprodução TV Globo

O renomado médico cancerologista Dráuzio Varella deu uma entrevista à BBC Brasil e falou sobre a evolução do novo coronavírus no Brasil. O médico começou assumindo que já foi muito “otimista” em relação ao vírus, porém que agora se arrepende e vê uma “tragédia nacional” acontecendo.

Publicidade

Todos nós vamos perder amigos, muitos vão perder pessoas da família, e isso vai nos ensinar que não é possível viver como nós vivíamos até aqui“, disse o médico.

Publicidade

Publicidade

Dráuzio irá completar 77 anos em maio e acompanhou de perto as primeiras informações que surgiram sobre o novo coronavírus. O médico explicou que foi otimista, pois as informações não seriam completas, por não se tratar de um país democrático, a China.

Publicidade

Segundo Dráuzio, as informações vindas da China apresentavam uma baixa letalidade, em que a doença se complicava somente em pessoas acima dos 80 anos. Quando o vírus chegou à Itália, Dráuzio Varella diz que o mundo começou a conhecer a doença como era de verdade.

Eu acho que nós vamos ter um número muito grande de mortes, vamos ter um impacto enorme na economia e uma duração prolongada“, previu Dráuzio, inclusive citando que a doença não deva acabar tão cedo no Brasil.

O médico ainda citou que “vamos pagar o preço da desigualdade social“. Atualmente, o Governo Federal tenta acabar com o isolamento social e alguns municípios adotam medidas para liberar parcialmente os comércios.

O avanço da doença, no entanto, é iminente. A Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda para todos os países afetados pela pandemia que adotem as medidas de quarentena, pois seria o único método preventivo contra a doença.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Bruno Avila

Redator de futebol, política e famosos desde 2016. Hoje um dos redatores mais lidos do 1News Brasil. Fique à vontade para falar comigo: brunoavilaprof@outlook.com