in

Após lutar pela vida em cirurgia cardíaca, bebê de seis meses é infectada pelo coronavírus

Reprodução: Extra

Diante do atual cenário de pandemia provocado pelo coronavírus, grande parte dos países, incluindo potências mundiais como a China e os Estados Unidos, foram obrigados a adotar medidas de prevenção, sendo o isolamento social um dos mais defendidos. No entanto, em um primeiro momento, alguns líderes executivos chegaram a adotar posicionamentos distintos em relação aos dos demais países.

Publicidade

O governo do Reino Unido, por exemplo, comandado pelo primeiro ministro Boris Johnson, chegou a adotar uma estratégia completamente diferente da do restante dos países europeus. Com um posicionamento crítico em relação ao isolamento social, o governo tinha, inicialmente, a ideia de conter a proliferação do vírus através da exposição dos cidadãos, visando a criação de imunidade.

Contudo, esse método de prevenção em relação ao Covid-19, também oferece riscos e, prova disso é o caso de Erin Bates, uma bebê de apenas seis meses que teve o diagnóstico de Covid-19 confirmado na última sexta-feira (10).

Publicidade

O que mais chama atenção no quadro da garotinha e motivo de orgulho para os pais, é o fato de ela ter sido, recentemente, submetida a uma cirurgia cardíaca e lutado bravamente pela sua sobrevivência, como uma verdadeira guerreira.

Publicidade

Em entrevista ao jornal britânico Daily Mail, a mãe da jovem bebê mostrou-se completamente revoltada com os cidadãos que não estão respeitando as determinações da quarentena. Como forma de expressar sua indignação e impactar a sociedade para que as pessoas pratiquem o isolamento, a mulher divulgou para a imprensa uma foto comovente de sua filha respirando com auxílio de aparelhos.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade