in

Eles deixam o bebê na creche, mas quando vão buscar, menino estava morto

Mirror

Quando se trata da segurança de uma criança, todo cuidado é pouco, pois são seres muito frágeis que carecem de muita atenção. Na hora de escolher uma creche, por exemplo, os pais devem procurar a que pareça mais confiável, e foi isso que fez o casal desse caso. Mas infelizmente, isso não foi o suficiente.

Publicidade

Ali e Derek Dodd são moradores da cidade de Edmond, que fica localizado em Oklahoma, um estado situado no centro-oeste dos Estados Unidos. Eles são pais do pequeno Shepard, que tinha apenas 11 meses de nascido, e de Presley, de cinco anos. Certa manhã, os dois foram deixar o bebê na creche, sem saber que aquela iria ser a última vez que o veriam com vida.

Os pais deixaram Shepard no local e foram embora, pois tinham que trabalhar. Quando chegou a hora da soneca, a cuidadora pôs o menino na cadeirinha, mas apesar de ter posto com muito cuidado e bem posicionado, ela esqueceu de colocar o cinto, que era o que manteria a criança erguida.

Publicidade

Quando a mulher foi ver Shepard, que havia ficado sozinho em um quarto, notou que a criança estava roxa e inconsciente. Rapidamente, a mulher ligou para a emergência e, apesar do garotinho ter sido atendido imediatamente, parou de respirar e morreu no hospital. 

Publicidade

A causa da morte do menino, segundo os médicos, foi asfixia posicional. Devido ao fato de ser muito pequeno, Shepard não conseguiu sustentar a cabeça e a deitou sobre o peito, o que fez com que ele ficasse com as vias aéreas obstruídas. Agora, os pais da criança fazem campanha para alertar outras pessoas sobre os cuidados com bebês em cadeirinhas sem o cinto.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Aurilane Alves

Escrevo sobre os assuntos mais bombados do momento, famosos, curiosidades, notícias em geral.