in

Mãe de quadrigêmeos ‘milagrosos’, vereadora morre vítima do novo coronavírus

Divulgação/Extra Globo

A pandemia do novo coronavírus tem assolado o mundo inteiro. Infelizmente, milhares de pessoas perderam a vida vítimas da doença. Somente na Itália, um dos países que mais tem sofrido, o número de mortos já ultrapassou 18 mil. A Covid-19 surgiu na China no final do ano passado e desde então vem se alastrando rapidamente. 

Publicidade

No Brasil, a quantidade de pessoas infectadas já ultrapassou 16 mil e número de vítimas fatais também vem crescendo de maneira alarmante, sendo, atualmente, 839 mortes devido ao novo coronavírus. Em meio a tantas mortes, uma notícia chamou atenção e comoveu vários internautas.

Uma mãe de quadrigêmeos, de 39 anos, foi mais uma vítima da Covid-19. A vereadora Shabnum Sadiq ignorou completamente o alerta de isolamento e viajou para poder participar de uma cerimonia de casamento no Paquistão, terra natal dos seus pais. Ao retornar da viagem, a mulher já estava doente.

Publicidade

Shabnum, estava exercendo o seu primeiro trabalho como vereadora em Slough, na Inglaterra. Ela veio a óbito na última segunda-feira, 06 de abril, segundo divulgado pelo portal Mirror. A mulher era mãe de cinco crianças, incluindo os quadrigêmeos. A mulher considerava o nascimento dos quatro como um milagre.

Publicidade

De acordo com a medicina, Shabnum teria grandes dificuldades de conseguir engravidar, pois ela sofria de síndrome do ovário policístico. Contudo, no mês de junho de 2006, a mulher deu à luz novamente aos quadrigêmeos que foram concebidos de forma natural. Evento considerado extremamente raro pela ciência. Estatisticamente é uma chance para cada 729 mil.

Publicidade

O porta-voz do partido da mulher, Hageeq Dar, falou um pouco sobre a vereadora e disse que ela tinha a educação para crianças como sua grande prioridade na política. Ele ainda ressaltou que a mulher lutou bravamente por 24 dias, período que esteve internada por causa da doença.

“Ela sempre tinha um sorriso e fazia a diferença na vida de muitas pessoas. Sempre foi muito ativa. É uma tragédia. Ela ficou no Paquistão por cinco dias e lá contraiu o vírus. Não posso acreditar que ela se foi”, desabafou o porta-voz.

Infelizmente, os casos do novo coronavírus ainda estão aumentando em vários países. Oficialmente o Paquistão já teve o registro de cinco mil casos da doença e contabiliza 54 vítimas fatais.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Shyrlene Souza

Redatora na web desde 2016, formada em ciências contábeis, apaixonada pela redação desde criança. Escrevo sobre assuntos diversos, famosos, maternidade e notícias que se destacam no Brasil e no mundo.