in

De saída? Destaque do Grêmio pode ser vendido por valor astronômico

Reprodução/Grupo Independente

A pandemia do novo coronavírus tem causado impacto direto nos cofres dos clubes de futebol e, por esse motivo, alguns jogadores podem ser vendidos para minimizar os prejuízos financeiros de seus times. No Grêmio não é diferente, e um craque do elenco poderá receber uma proposta oficial em breve.

Publicidade

De saída?

O atacante Everton Cebolinha, de 24 anos de idade, vem sendo um dos principais destaques do tricolor gaúcho nos últimos anos e também chamou a atenção pelo futebol apresentado na Copa América com a camisa da Seleção Brasileira. O jogador voltou a ser especulado como reforço de um gigante na Europa e poderá estar de saída.

José Callejón, de 33 anos de idade, se tornou peça fundamental do elenco do Napoli nas últimas temporadas. Após grande sucesso com a camisa do ex-clube de Maradona, o jogador parece estar muito próximo de encerrar seu período por lá e deverá assinar com outro time europeu. Everton Cebolinha é visto como seu possível substituto pelo lado esquerdo do setor ofensivo.

Publicidade

Segundo informações do jornal italiano Corriere dello Sport, o clube poderá realizar uma proposta no valor de R$ 30 milhões de euros (cerca de R$ 168 milhões de reais) para contar com o astro brasileiro. O presidente do Grêmio, Romildo Bolzan, já recebeu outras propostas altas da Europa pelo jogador e fez jogo duro nas negociações.

Publicidade

Devido ao momento de crise financeira dos clubes brasileiros e das incertezas no futebol, a transferência poderá acabar sendo concretizada.

Publicidade

Outros nomes cotados na Europa

Outros jogadores de destaque do Grêmio estão sendo especulados em clubes do velho continente. Jean Pyerre e Pepê estão na lista de alguns dos clubes mais importantes da Europa, no entanto, o tricolor gaúcho ainda não recebeu propostas oficiais.

E para você torcedor, o Grêmio deveria resistir mais uma vez a uma investida milionária pelo atacante Everton Cebolinha? Deixe sua opinião nos comentários.

Publicidade
Publicidade
Publicidade