in

Taís Araújo chora ao contar rotina da sua irmã que é médica do SUS

Globo

Nesta última terça-feira (7), a atriz Taís Araújo utilizou a sua conta oficial no Instagram para contar um pouco sobre uma conversa emocionante que teve com sua irmã, que é médica e trabalha em Brasília, no Sistema Único de Saúde.

Publicidade

Na ocasião ela aproveitou para fazer uma bonita homenagem aos profissionais de saúde que não medem esforços durante seus trabalhos em meio à pandemia do novo coronavírus. Taís detalha um pouco sobre a rotina de sua irmã, mostrando uma foto que traz uma certa esperança em meio ao caos mundial por conta da Covid-19.

“Essa aí de óculos é minha irmã, doutora Claudia Araujo Bottino, ginecologista e obstetra. Tem um consultório em Brasília e também trabalha no SUS, num hospital público, na capital do nosso País. Ela, junto com todos os médicos, enfermeiros, os profissionais da limpeza e todos os que atendem aos hospitais, está no front, combatendo a pandemia de frente”, disse ela em parte da sua postagem.

Publicidade

A atriz conta que elas conversam todos os dias e sente o desespero na voz de sua irmã, porém sente também a força dela comprometida e empenhada em desempenhar tudo o que ela estudou para cuidar do outro.

Publicidade

Na publicação que você pode ver logo abaixo ela compartilha a foto que sua irmã enviou a ela dizendo que é um símbolo de esperança dizendo que chorou muito por se lindo, por ter sentido medo e se emocionado.

Publicidade

View this post on Instagram

Essa aí de óculos é minha irmã, doutora Claudia Araujo Bottino, ginecologista e obstetra. Tem um consultório em Brasília e também trabalha no SUS, num hospital público, na capital do nosso País. Ela, junto com todos os médicos, enfermeiros, os profissionais da limpeza e todos os que atendem aos hospitais, está no front, combatendo a pandemia de frente. Falamos todos os dias. Sinto o medo na sua voz, mas também sinto tanta coragem, comprometimento e empenho de quem estudou e estuda para cuidar do outro com a certeza da escolha do seu ofício. Hoje ela me mandou essa foto como símbolo de esperança. Eu chorei. Chorei porque achei lindo, chorei de medo, chorei…. Deixo aqui meu respeito aos profissionais que estão nas ruas, seja nos mercados, nas farmácias, no volante, nas entregas, na segurança, nos hospitais. Deixo meu respeito aos garis, aos jornalistas. Deixo meu respeito a quem está no corre e não pode parar. Rezo muitas vezes por dia pra que tudo passe e que consigamos preservar o maior número de vidas possível. A todos vcs, profissionais que estão no front, todo meu respeito e gratidão.

A post shared by Taís Araujo (@taisdeverdade) on

A pandemia do novo coronavírus tem até a noite desta terça-feira (7), 1.413.415 casos confirmados e 81.200 mortes. O Brasil tem 13.717 casos confirmados da doença, 667 casos fatais e apenas 127 confirmados.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Nado Calegari

Sou formado em Sistemas de Informação com pós-graduação em Gerenciamento de Projetos em T.I. Além de atuar como programador há 10 anos, trabalho também como redator há cerca de 4 anos, o que fez despertar uma nova paixão e hoje também sou graduado em Letras - Português e Inglês. Escrevo sobre tudo o que envolve o mundo do entretenimento, além de falar sobre esportes e as principais notícias do dia a dia. Pode entrar em contato comigo através do e-mail nado_news@hotmail.com .