in

Pep Guardiola perde a mãe para o coronavírus e personalidades lamentam

Fotomontagem: Bruno Avila / ESPN

Pep Guardiola é um dos treinadores mais queridos no meio do futebol mundial. Pep já passou por diversos clubes e, onde se destacou mais, foi no Barcelona, da Espanha. Lá, Guardiola trabalhou com os craques brasileiro Neymar Júnior e o argentino Lionel Messi.

Publicidade

Por conta da pandemia mundial causada pelo novo coronavírus, o mundo do futebol está parado e a atividades ainda devem demorar para retornarem ao normal. Enquanto isso, os jogadores e os técnicos ficam dentro de suas casas.

Publicidade

Publicidade

O que ninguém imaginava era uma grande perda neste tempo de coronavírus. Dolors Sala Carrió, de 82 anos, faleceu hoje na Espanha, vítima da doença Covid-19. A senhora era mãe de Pep Guardiola e residia na cidade de Barcelona.

Publicidade

A Espanha é um dos países da Europa que mais tem sofrido com a disseminação do novo coronavírus. Já são mais de 13 mil mortes no país e a mãe de Pep Guardiola, agora, integra essa estatística.

Vale ressaltar que a Espanha está em quarentena, por recomendações da OMS (Organização Mundial de Saúde), desde o dia 15 de março.

O mundo do futebol lamentou a morte da mãe de Pep, pois pegou a todos de surpresa. Um fato curioso é que o treinador espanhol era um dos profissionais do futebol mais preocupados com a disseminação da doença.

Guardiola, no fim de março, chegou a doar 1 milhão de euros para as compras de equipamentos médicos. O valor equivale a R$ 5,7 milhões.

Muitas personalidades do futebol vem lamentando a perda e desejando forças ao técnico Pep Guardiola, que, por sinal, é considerado um dos maiores de todos os tempos de sua profissão.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Bruno Avila

Redator de futebol, política e famosos desde 2016. Hoje um dos redatores mais lidos do 1News Brasil. Fique à vontade para falar comigo: brunoavilaprof@outlook.com