in

Enfermeiro que matou a namorada médica por ter passado coronavírus testou negativo

Bhaz

O coronavírus é uma doença viral que já matou milhares de pessoas em todo o planeta. Na Europa, principalmente em países como Itália, Portugal e França. Na Itália a situação é muito caótica e o número de mortos é exorbitante. O caos está tão grande que uma médica foi morta pelo namorado, pois, segundo ele, a médica teria transmitido coronavírus para ele.

Publicidade

Enfermeiro mata namorada médica

O enfermeiro Antonio De Pace, de 28 anos, assumiu um assassinato macabro, ele confessou que assassinou a namorada de 27 anos, Lorena Quarantana era médica, havia acabado de se formar e morreu por estrangulamento. Antonio justificou a atitude dizendo que a médica era responsável por ter passado o Covid-19 para ele.

As informações do Dayli Mail ainda revelaram que o enfermeiro ligou para a polícia depois de ter cometido o homicídio e em seguida, tentou suicídio cortando profundamente os pulsos. A imprensa italiana confirmou as informações, mas autoridades duvidam que os motivos do rapaz sejam verdadeiros. 

Publicidade

Isso porque foram realizados testes nos dois corpos e nenhum dos dois apresentou positivo para coronavírus. Os dois jovens namoravam há algum tempo e como ambos faziam parte da área da saúde foram convocados para ajudar nos cuidados às vítimas de Covid-19.

Publicidade

‘Ela me passou coronavírus’

O casal morava em Sicilia e estavam atuando juntos na proteção e cuidados das pessoas com coronavírus, ainda não se sabe o verdadeiro motivo que levou o enfermeiro a cometer tamanha brutalidade. As investigações continuam. A reitoria da universidade da médica lamentou a grande perda.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Tatiane Braz

Estudante, escritora e apaixonada pela verdade, tenho como meta levar a notícia de forma clara e real. Amo ler e percebo a cada dia que um mundo melhor se faz quando o conhecimento que adquirimos é colocado em prática.