in

Vai jogar no Grêmio? Dirigente bate o martelo sobre contratação de reforço europeu

Reprodução/Notícias do Grêmio

A pandemia pelo novo coronavírus tem causado grande impacto também no futebol e o futuro dos clubes e das principais competições do esporte seguem indefinidos. Enquanto a bola não volta a rolar, os times brasileiros trabalham nos bastidores por novos reforços.

Publicidade

Vai jogar no Grêmio?

O atacante Edinson Cavani, de 33 anos de idade, é um dos principais nomes no setor ofensivo do Paris Saint Germain e tem ganhado as manchetes dos periódicos esportivos. O jogador está prestes a deixar o clube e já teve seu nome envolvido em várias especulações.

Mais recentemente, seu empresário revelou a procura de alguns clubes do Brasil. Klauss Câmara, diretor-executivo de futebol do Grêmio, falou sobre a possibilidade de uma investida pelo jogador e acabou descartando a negociação na atual temporada.

Publicidade

“São muitos elementos a serem considerados. Quanto vai ser? Ele vem por que quer e abre mão de muitas coisas? São muitas perguntas. Eu não posso responder pelos outros clubes, mas pelo nosso contexto interno do Grêmio eu não acredito em uma tratativa de abordagem assim”, afirmou o dirigente para o jornalista Jorge Nicola.

Publicidade

Para Klauss Câmara os valores em uma transação pelo jogador poderiam ser um problema aos cofres do clube. Atualmente, Cavani recebe salários em torno de R$ 7 milhões de reais e ainda tem possibilidades também no futebol europeu.

Publicidade

Pepê e Jean Pyerre

O Grêmio segue analisando o mercado da bola e tenta também a manutenção de seu elenco. Os jovens Pepê e Jean Pyerre estão na mira de clubes importantes do futebol europeu e o destino de ambos ainda não foi definido para a sequência de 2020.

E para você torcedor, o Grêmio deveria abrir os cofres para realizar a contratação de Edinson Cavani? Deixe sua opinião nos comentários.

Publicidade
Publicidade
Publicidade