in

Carlos Vereza se revolta e rompe com Bolsonaro: ‘não dá mais’

Globo / Montagem

Está cada vez mais difícil para o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, receber algum tipo de apoio em meio ao coronavírus. Isolado, Bolsonaro chegou a fazer críticas públicas ao Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. No entanto, isso acabou minando sua popularidade, como mostram pesquisas do Datafolha. 

Publicidade

Atualmente, a popularidade de Mandetta é mais de duas vezes superior a do presidente da República. Com isso, até antigos aliados de Bolsonaro já correm fora de ficarem ligados ao político. O ator Carlos Vereza, por exemplo, que defendeu com unhas e dentes o político nos últimos tempos foi uma das muitas celebridades que tem se afastado de Bolsonaro. 

Em um post na internet, ele disse um “não dá mais” para Bolsonaro. “Estava tentando defender Bolsonaro, não tanto por ele, mas pela normalidade das instituições. Mas ele desautorizar publicamente o ministro da saúde por ciúmes, não dá mais: tirei o time”, disse o ator, que chegou a arrumar confusão com globais como José de Abreu por conta de política. 

Publicidade

Veja abaixo a publicação feita por Carlos Vereza sobre o presidente:

Aprendi na vida a não tomar decisões precipitadas. Na vida e na política. Mas o limite se apresenta quando a realidade…

Gepostet von Carlos Vereza am Freitag, 3. April 2020

Dados do coronavírus no mundo são chocantes

No mundo, o número de casos do coronavírus já ultrapassou a marca de 1,1 milhão. Atualmente, são mais de 100 mil casos confirmados da doença no planeta. O número de mortos também não para de crescer e, ao todo, são mais de 60 mil mortes e esse número deve crescer nos próximos dias, mesmo com países estando em quarentena. Por aqui, as mortes já passaram da quantia de 300 e são mais de nove mil pessoas infectadas. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.