in

Felipe Prior pode ficar na cadeia por 10 anos, após deixar BBB20; acusações são graves

Globo / Montagem

Felipe Prior, que fez sucesso ao participar do Big Brother Brasil, está sendo acusado de abuso. A informação foi dada pelo site da Revista Marie Claire, que disse ter acesso a depoimentos de mulheres, que fazem acusações contra um dos favoritos ao ganhar o BBB20. 

Publicidade

Caso o processo vá para frente e seja condenado pela Justiça, o arquiteto Felipe Prior pode ficar até 10 anos na cadeia. De acordo com o Código Penal Brasileiro, em seu artigo 213 (na redação dada pela Lei nº 12.015, de 2009), a pena por esse tipo de crime pode aumentar, chegando até 30 anos, caso a vítima morra no ato.

Revista divulga denúncias contra Felipe Prior; elas são gravíssimas

Três mulheres diferentes conversaram com o site da Revista Marie Claire. Nas três histórias, elas estariam bêbedas e em situações que envolviam festas. A denúncia mais grave contra Felipe Prior é a primeira, que teria ocorrido no ano de 2014.

Publicidade

A vítima contou que Felipe Prior a agarrou em um carro e que ela tinha implorado para que o ato não acontecesse. Ela também revela ter ficado com ferimentos. “Themis relatou que a violência do ato foi tamanha que causou uma laceração, o que fez com que rapidamente sua roupa, o banco do carro e a roupa de Felipe ficassem ensanguentados”, diz um trecho da denúncia, exposta pela revista. 

Publicidade

A  revista diz que procurou Felipe Prior, mas que ele preferiu não comentar o assunto. Após a divulgação das acusações, o ex-BBB também não se manifestou. Vale lembrar que não é a primeira vez que acusações como essa são feitas para participantes do Big Brother Brasil.

Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.