in

Saiba todos os detalhes do contrato de Jorge Jesus, e surpreenda-se com os valores

Jorge Jesus é o principal treinador do futebol brasileiro na atualidade. Ele chegou ao comando do Flamengo no ano passado e conquistou quatro títulos em menos de um ano de trabalho. No ano passado, o Rubro-negro conquistou Copa Libertadores da América e Campeonato Brasileiro. Neste ano, o Fla conquistou Supercopa do Brasil e Recopa Sul-Americana, além da Taça Guanabara.

Publicidade

No momento, clube e treinador conversam sobre a renovação do contrato. Detalhes do atual contrato, firmado em junho do ano passado, foram revelados pelo jornalista Jorge Nicola, do Yahoo. Os números são importantes e mostram o que Jorge Jesus representa ao Flamengo.

Para começar, o salário anual de Jorge Jesus é de 2,1 milhões de euros – cerca de R$ 9,2 milhões na cotação a R$ 4,40, cujo contrato está firmado. Este valor dividido por 12 meses dá menos de R$ 1 milhão por mês. O valor é livre de impostos.

Publicidade

A comissão técnica também tem um salário alto. João de Deus, Tiago Oliveira, Mário Monteiro, Márcio Sampaio, Rodrigo Araújo e Gil Henriques dividem R$ 5,3 milhões anuais. Este valor também é livre de impostos. O treinador recebe ainda um auxílio moradia de R$ 50 mil todos os meses. Ele mora sozinho em um apartamento na Barra da Tijuca, um dos locais mais caros do Rio de Janeiro.

Publicidade

O pulo do gato no contrato de Jorge Jesus estão nas premiações: € 1,5 milhão pela Libertadores, € 1,5 milhões pelo Mundial, € 1 milhão pelo Brasileirão e € 800 mil pela Copa do Brasil. O Flamengo conquistou a Libertadores e o Brasileirão e o treinador embolsou R$ 11 milhões – mais do que o salário fixo. Sua comissão técnica recebeu R$ 3,3 milhões em premiações – eles ganham 5% do valor pago ao treinador.

Publicidade

Somando todos os valores, Jorge Jesus e sua comissão técnica terão custado R$ 28,8 milhões ao Flamengo em um ano. Não estão incluídos os gastos com motorista particular, bichos por vitória, camarote com 12 ingressos e passagens aéreas em classe executiva para esposa e filhos virem para o Brasil duas vezes ao ano.

Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!