in

Médico que morreu por coronavírus deixa áudio comovente gravado para o filho: ‘Fique bem’

Folha

O surto de coronavírus no mundo tem deixado uma enxurrada de mortes por onde passa. O número de mortos em decorrência da Covid-19 tem se tornado exorbitante em diversos países, principalmente China, Itália, Espanha e Irã, que, no momento, estão no topo dos casos fatais.

Publicidade

No Brasil, o número de casos também tem aumentado de forma gigantesca a cada dia e causado preocupação na população, que teme ser atingida pela Covid-19, doença altamente contagiosa para a qual não foi distribuída a vacina. Até o momento, o país registrou 8.066 infectados pelo coronavírus, além de 327 mortes em apenas algumas semanas. 

No final da semana passada, um médico brasileiro foi uma das vítimas fatais do coronavírus. Diamir Gomes, de 74 anos de idade, começou a ter sintomas de gripe. Ele foi afastado de suas atividades no hospital devido ao fato de que pertencia ao grupo de risco.

Publicidade

Diamir então notou que sua respiração estava acelerada e foi a uma unidade de saúde, onde ficou internado. No mesmo dia, o médico enviou uma mensagem de áudio ao seu filho, Diego, na qual dizia: “Fique bem, é a vida”. Essa foi a última vez que o profissional se comunicou com o filho.

Publicidade

No hospital, Diamir chegou a tomar cloroquina enquanto estava internado para tentar melhorar, mas não conseguiu resistir e faleceu no dia 27 de março por complicações em seu quadro de saúde. O médico era conhecido pelos seus atos de bondade e bom humor: “Meu pai tinha um coração maior do que tudo”, disse o filho de Diamir, ainda muito abalado com a morte do pai.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Aurilane Alves

Escrevo sobre os assuntos mais bombados do momento, famosos, curiosidades, notícias em geral.