in

Jair Bolsonaro sanciona lei de auxílio de R$ 600,00; veja os detalhes

G1

Diante da pandemia do novo coronavírus no Brasil, o país teve que tomar medidas para ajudar a população nesse momento de crise financeira, já que os comerciantes e trabalhadores autônomos tiveram que parar seus serviços para evitar a proliferação da doença, que atingiu mais de 800 mil pessoas em todo o mundo.

Publicidade

Há alguns dias, o governo havia revelado que estava criando um projeto para beneficiar alguns trabalhadores diante da crise. O texto previa, inicialmente, um auxílio no valor de R$ 200,00 para algumas categorias, mas após reuniões, ficou fixado que o benefício seria de R$600,00.

O projeto foi à câmara e teve aprovação unânime. Para ser publicada, a lei do auxílio precisava apenas da sanção do presidente da república, Jair Bolsonaro. Nesta quarta-feira (01/04), o magistrado sancionou o projeto, que irá beneficiar 54 milhões de pessoas.

Publicidade

A informação foi noticiada primeiro pelo ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Jorge Oliveira, que divulgou através de suas redes sociais. O custo do projeto foi de R$ 98 bilhões. O valor de R$600,00 será destinado a trabalhadores informais e também para mães chefes de família, sendo que estas receberão R$ 1.200,00.

Publicidade

Pessoas que recebem benefício previdenciário ou assistencial, seguro-desemprego ou de outro programa de transferência de renda federal, com exceção do Bolsa Família, não terão direito ao auxílio emergencial.

Publicidade

Trabalhadores informais que estejam no cadastro único e recebedores do Bolsa Família serão as primeiras pessoas no calendário de pagamento, que ainda não têm nada marcada.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Aurilane Alves

Escrevo sobre os assuntos mais bombados do momento, famosos, curiosidades, notícias em geral.