in

Psicóloga infectada por coronavírus escreve carta emocionante e o que diz surpreende

Reprodução instagram

O surto do coronavírus, que provoca a Covid-19, tem deixado o mundo inteiro abalado. Com números alarmantes de casos e mortes por causa da doença, muitas pessoas têm ficado aterrorizadas com a possibilidade de serem acometidas pela vírus.

Publicidade

Mas em meio ao caos provocado pelo coronavírus, uma pessoa parece ter encontrado um motivo para refletir. Trata-se da psicóloga Nayana Oliveira, que escreveu uma carta emocionante depois de ser contagiada pela doença mortal.

A psicóloga, que também é escritora, descobriu que estava com Covid-19 depois de ter voltado de uma viagem que fez aos Estados Unidos. Ela conta que no início ela não teve os sintomas que o coronavírus geralmente apresenta, assim como as pessoas que estavam ao seu redor. Sua carta ao mundo é reflexiva e mostra que se deve aproveitar o momento de surto de maneira positiva.

Publicidade

View this post on Instagram

La Cara y La Corona Os profissionais da área da saúde há tempos discutem os impactos e prejuízos para saúde física e mental da agitação da vida moderna. Potencializando o estresse com a falta de tempo e corroborando para o aumento da ansiedade exarcebada  bem como do desequilíbrio do ponto de vista biológico, psicológico e social.  Interessante pensar que o Coronavírus (COVID-19 ), um vírus  que ocasionou um surto de doença respiratória, desacelerou o mundo e trouxe de volta para casa a família. Não só isso, mas que exige o isolamento como tratamento proporcionando ao indivíduo a oportunidade de ficar próximo de si mesmo. Quanta novidade pra quem sai de manhã com os filhos dormindo e volta pra casa com eles já na cama. Agora com todo esse tempo livre nas mãos. Venho por meio dessa carta despertar a importância de saber fazer uma limonada quando a vida lhe traz um limão. Use seu tempo de forma positiva, amorosa e com gratidão. Vamos olhar para a cara e não apenas para o corona vamos nos acalmar, aproveitar essa desaceleração global, esse retorno para dentro de casa , essa aproximação de você com si mesmo para praticar o amar. “Não falta amor falta amar”. Converse olhando nos olhos, veja o por do sol, conte histórias, dê risadas, verbalize seu sentimentos, cante, dance, brinque as prevenções como higienização e distanciamento de 1 ou 2 metros entre as pessoas não precisam ser maiores do que sua conexão entre elas. Hora de refletir e resgatar. Vamos manter nossas mentes limpas, com zelo, cuidado e prevenções para que possamos não apenas combater essa pandemia mas também evoluir como seres humanos mais amorosos, cautelosos e colaborativos. (Nayana Oliveira)

A post shared by Nayana Oliveira✨???? (@nayana_ala) on

Publicidade

Venho por meio dessa carta despertar a importância de saber fazer uma limonada quando a vida lhe traz um limão. Use seu tempo de forma positiva, amorosa e com gratidão. Vamos olhar para a cara e não apenas para o corona, aproveitar esse retorno para dentro de casa , essa aproximação de você com si mesmo para praticar o amar“, disse Nayana em um trecho de seu escrito. 

Publicidade

Felizmente, a psicóloga conseguiu se recuperar da doença. Sua carta foi compartilhada através das redes sociais e recebeu comentários e pessoas do país inteiro, além de muitos compartilhamentos de internautas que se emocionaram com a forma como a profissional lidou com a situação. 

Publicidade
Destaque: Mulher quase é presa por emagrecer demais! Confira
Publicidade
Publicidade

Escrito por Aurilane Alves

Escrevo sobre os assuntos mais bombados do momento, famosos, curiosidades, notícias em geral.