in

Paola Carosella xinga Bolsonaro de ‘genocida’, mas sofre duro castigo

UOL / Montagem

Paola Carosella,  jurada do MasterChef Brasil criou polêmica ao politizar o tema coronavírus, que nas últimas semanas virou o principal em todo o mundo. Paola Carosella não  tem concordado com as posições do presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, sobre a Covid-19.

Publicidade

Nessa semana, Bolsonaro chegou a fazer um pronunciamento em rede de rádio e televisão onde pedia o fim da “quarentena horizontal” e o início da chamada “quarentena vertical”. 

Paola Carosella não gostou  das palavras do presidente e, por meio do Twitter, ela fez declarações fortes contra o político, como mostra uma matéria publicada pelo portal de notícias UOL. “Fora, miliciano genocida. Fora”, disse ela ao falar sobre o assunto na sua rede social.

Publicidade

No entanto, Paola Carosella acabou criando uma guerra de comentários. O castigo da apresentadora acabou chegando e bastante rápido. “Vc não tem o direito de dizer isso, me desrespeita, desrespeita a democracia brasileira, desrespeita os milhões de brasileiros que o elegeram e desrespeita o público que lhe aceitou como brasileira genuína e fez vc crescer como profissional que é”, disse um dos internautas ao falar sobre o tema. 

Publicidade

Números do coronavírus no mundo

Os números de vítimas do coronavírus dispararam em todo o mundo. Na tarde deste sábado, 28 de março, já eram mais de 650 mil pessoas infectadas pela Covid-19 em todo o mundo. O número de mortos chega a quase 5% desse total. São mais de 30 mil falecimentos devido a doença. No Brasil, até a atualização do Ministério da Saúde de sexta-feira, 27 de março, eram 94 mortes e mais de 3.500 pessoas infectadas. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.