in

Número de casos do novo coronavírus no Brasil seria falso, revela estudo

Uol

Todos os dias, o Ministério da Saúde atualiza a população sobre os números de casos confirmados no Brasil sobre o novo coronavírus, porém, um estudo revela que os dados repassados ao país não seriam verdadeiros.

Publicidade

Uma publicação científica online do Our World in Data traz um estudo revelando que os países que estão fazendo mais testes do coronavírus apresentam números maiores de contaminados e que, neste quesito, o Brasil está apenas “engatinhando”.

Na Coreia do Sul e Alemanha, por exemplo, o combate à pandemia vem tendo sucesso porque são locais que realizam milhares de testes todos os dias, bem diferente do que está acontecendo no Brasil.

Publicidade

Os sul-coreanos chegam à marca de 6.148 e os alemães já ultrapassaram os 2 mil testes. Esse estudo também mostrou que os Estados Unidos não conseguirá mostrar o real cenário justamente pela falta de testes.

Publicidade

Uma informação importante mostrada por esta pesquisa é que todo país depende destes testes para saber o que realmente está acontecendo e então mostrar as estratégias para combater a pandemia. Foi isso que aconteceu na Coreia do Sul, onde muitos testes foram feitos e assim foi possível saber exatamente o que fazer.

Publicidade

“Os testes são cruciais para uma resposta adequada à pandemia. Eles permitem que as pessoas saibam que estão contaminadas. Isso pode ajudá-las a receber o cuidado que precisam. E também pode ajudar a tomarem as medidas para reduzir a probabilidade de contaminar outras pessoas”, informou a publicação, lembrando que muitos contaminados não ficam em casa porque não sabem estão com o coronavírus e com isso acabam infectando outras pessoas.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Russel

Sempre ligado a tudo que acontece no Brasil e no mundo, estou sempre trazendo as últimas notícias sobre o mundo dos famosos, reality shows, filmes, músicas, novelas e programas de televisão de um modo geral. Aqui você ficará sempre muito bem informado. Se quiser entrar em contato, fique à vontade: russelmy@yahoo.com.br