in

JN mostra que Itália cometeu os erros de Bolsonaro e agora está pagando caro

GShow

No Jornal Nacional desta quinta-feira (26), William Bonner exibiu uma matéria sobre o problema que a Itália vem enfrentando por causa do novo coronavírus, só que antes fez questão de dizer que o país está passando por isso porque não deu a devida atenção ao problema no início.

Publicidade

A reação de Jair Bolsonaro frente ao avanço da pandemia foi comparado ao que aconteceu na Itália, pois o presidente brasileiro quer acabar com o isolamento, pelo menos para os mais jovens, deixando apenas os idosos em casa.

William Bonner fez questão de destacar que o país europeu passou por um afrouxamento nas restrições quando os casos confirmados eram baixos e hoje já são mais de 80 mil infectados e mais de 8 mil mortes.

Publicidade

Especialistas acreditam que a Itália em breve estará ultrapassando a China no que diz respeito ao número de casos confirmados. O Jornal nacional ainda fez questão de mostrar imagens de algumas capitais do Brasil completamente vazias porque a quarentena está sendo estimulada pelos governadores.

Publicidade

As imagens acabaram afrontando Bolsonaro que vem pregando que ‘o Brasil não pode parar’ e que os trabalhadores precisavam voltar aos seus postos de trabalho o quanto antes.

Publicidade

O Brasil tem hoje, segundo informou o Ministério da Saúde, 2.915 casos confirmados do novo coronavírus e 77 mortes em decorrência da covid-19. Wanderson Kleber, secretário de Vigilância Sanitária, disse que esse número irá crescer muito mais quando o país oferecer um maior número de testes.

Muitos brasileiros não estão seguindo as recomendações das autoridades e continuam saindo de casa.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Russel

Sempre ligado a tudo que acontece no Brasil e no mundo, estou sempre trazendo as últimas notícias sobre o mundo dos famosos, reality shows, filmes, músicas, novelas e programas de televisão de um modo geral. Aqui você ficará sempre muito bem informado. Se quiser entrar em contato, fique à vontade: russelmy@yahoo.com.br