in

Coronavírus: pronunciamento de Bolsonaro pode provocar mais mortes, alerta infectologista

Folha

O pronunciamento feito por Jair Bolsonaro, onde o presidente voltou a comparar o novo coronavírus a um ‘resfriadinho’ ou a uma ‘gripezinha’, continua recebendo duras críticas, inclusive do médico Estevão Urbano, que é diretor da Sociedade Brasileira de Infectologia.

Publicidade

O presidente defendeu que os brasileiros devem deixar o isolamento social imediatamente para não prejudicar a economia do país, mas a declaração em cadeia nacional acabou gerando uma onda de protestos.

Discordamos, tecnicamente, de forma enfática. Pedimos que as pessoas continuem mobilizadas. Não há evidência científica que possa suportar a desmobilização neste momento“, disse o infectologista, preocupado com o avanço da pandemia que vem deixando o mundo em pânico.

Publicidade

Para Estevão, a fala de Jair Bolsonaro pode é aumentar os casos da doença no Brasil, pois incentiva a população a se descuidar e isso compromete o trabalho de todos os profissionais da área de saúde.

Publicidade

Você está mobilizado, aí vem o presidente e sugere a desmobilização. Isso pode gerar mais descuido, mais infecções e mais mortes“, declarou o infectologista.

Publicidade

Inclusive a Sociedade Brasileira de Infectologia já divulgou um comunicado sobre o pronunciamento de Jair Bolsonaro. O médico Clóvis Arns da Cunha, presidente da entidade, disse que é um grande erro afirmar que as centenas de mortes na Itália estão relacionadas apenas ao inverno europeu.

A nota divulgada diz que ficar em casa é a melhor forma de evitar que as cidades brasileiras enfrentem situações complicadas com um grande número de casos ao mesmo tempo.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Russel

Sempre ligado a tudo que acontece no Brasil e no mundo, estou sempre trazendo as últimas notícias sobre o mundo dos famosos, reality shows, filmes, músicas, novelas e programas de televisão de um modo geral. Aqui você ficará sempre muito bem informado. Se quiser entrar em contato, fique à vontade: russelmy@yahoo.com.br