in

Pronunciamento de Bolsonaro na TV termina mal; governadores falam em impeachment

O Globo

O pronunciamento do presidente do Brasil na televisão neste terça-feira, 24 de março, terminou mal para Jair Bolsonaro. Além das críticas da própria população, praticamente políticos de todas as legendas fizeram críticas ao governante, que menosprezou mais uma vez o poder do coronavírus, chamando a doença de “gripezinha”. 

Publicidade

Grupos de governadores, segundo informações da Folha de São Paulo, estariam perplexos com a fala do presidente. Eles já estariam unidos para enfrentar o presidente, tomando medidas contrárias ao que Bolsonaro defende. Por meio do Facebook, o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, por exemplo, disse que a população deveria continuar em casa, evitando assim se contaminar pelo vírus.

Também segundo a Folha, governadores já falam no possível impeachment do presidente da república. Eles afirmam também que o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, perdeu legitimidade, já que diz uma coisa em coletivas de imprensa e acaba sendo derrubado pelo próprio chefe, Bolsonaro. Apesar da fala de que o coronavírus é uma “gripezinha”, o Ministério da Saúde anunciou que mais de 20 milhões de testes devem ser realizados na população brasileira. 

Publicidade

Veja abaixo o pronunciamento do presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, no qual ele defende que tudo volte ao normal no Brasil e que só os grupos de risco do coronavírus fiquem na quarentena. 

Publicidade

No país inteiro, que tem 46 mortes confirmadas por conta do coronavírus, brasileiros fizeram protestos. Foram registrados panelaços importantes em cidades como Rio de Janeiro e São Paulo, onde Bolsonaro tem grandes opositores, os governadores locais João Dória e Wilson Witzel. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.